Estudantes protestam contra aumento de passagens da capital

Quem passou pelo Terminal de Integração do Varadouro na tarde de ontem presenciou uma cena atípica. Aproximadamente 100 estudantes, munidos de cartazes e panfletos, ocuparam o terminal para protestar contra o aumento da tarifa do transporte público de João Pessoa. A manifestação foi organizada pelo Diretório Central dos Estudantes da UFPB, que alegou ter sido excluído da reunião que encaminhou o aumento à Prefeitura.

Durante uma hora os manifestantes distribuíram panfletos, cantaram palavras de ordem e conversaram com os passageiros que se encontravam no local. A diarista Maria de Lurdes mostrou-se indignada com o reajuste de 10,5% na tarifa. “Pra mim, que sou trabalhadora doméstica, fica complicado pagar vinte centavos a mais nas quatro viagens que faço durante o dia. No final do mês, quase metade do meu salário é pra pagar o ônibus”, relatou.

Os manifestantes ainda seguiram em caminhada até o Paço Municipal, com o objetivo de agendar uma reunião com o prefeito Luciano Agra, para discutir os dados apresentados pela STTRANS e os donos das empresas concessionárias.

De acordo com o representante do DCE, Enver Cabral, os números dos últimos cinco anos dão conta de que o reajuste de 10,5% ultrapassa a necessidade das empresas de transporte público. “O reajuste sempre fica na margem dos 5%. Agora eles aumentam 10,5% e se quer justificam para a população o porquê desse valor”, declarou.

No início da noite uma comissão formada por estudantes e trabalhadores foi recebida pelo secretário de Articulação Política, Dunga Junior, que confirmou a realização da audiência hoje, às 15h30, no Paço Municipal. A reunião contará também com a presença da superintendente da STTRANS, Laura Farias.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.