Espanha registra segunda morte por varíola do macaco

O Ministério da Saúde da Espanha confirmou neste sábado (30) a segunda morte em decorrência da varíola do macaco. O relato ocorre apenas um dia após o anúncio do primeiro óbito no país de uma pessoa infectada pelo vírus.

“Dos 3.750 pacientes […] 120 casos foram hospitalizados e dois morreram”, disse o Centro de Coordenação de Alerta e Emergência em Saúde do ministério em seu último relatório publicado neste sábado, sem especificar a data desta segunda morte.

Ontem, o Brasil também confirmou a primeira morte por varíola do macaco. A vítima é um homem que estava internado em um hospital de Belo Horizonte (MG). Segundo o Ministério da Saúde, ele tinha imunossupressão.

A Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais acrescentou que a morte ocorreu na quinta-feira (28), mesma data em que foi feita a notificação ao ministério. Até então, as informações sobre óbitos por varíola do macaco divulgadas pela OMS (Organização Mundial da Saúde) eram de cinco óbitos no surto deste ano, todos em países da África, onde a doença é endêmica.

 

 

 

 

Por R7

Foto: OMS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.