Escolas de Bayeux ganham projeto de combate às drogas

Tornar a escola um espaço de combate às drogas. Foi com esse intuito que a Secretaria de Educação de Bayeux, em parceria com a Ação Social e Saúde, lançou, nesta segunda-feira (04), o projeto “A Vida é Melhor sem Drogas”. O evento reuniu cerca de 130 professores, supervisores e diretores de escolas do Mário Andreazza. A abertura aconteceu na Escola Municipal de Ensino Fundamental Maria do Carmo da Silveira e contou com a presença do prefeito Jota Júnior.

 
Nessa primeira etapa, os educadores da rede pública serão capacitados para trabalhar temas relacionados aos adolescentes. De acordo com o coordenador do Programa Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE), Benilson Pereira, o foco do projeto são estudantes matriculados a partir do 5º ano. Cada escola vai ter um professor responsável pelo projeto, que vai abordar o assunto em todas as salas de aulas, com apoio multidisciplinar.
 
A expectativa é que o programa de prevenção seja implantado a partir da próxima semana. “Queremos começar na próxima segunda-feira (11). Cada integrante do projeto vai trabalhar as questões com o apoio dos professores para massificar o alerta entre os alunos”, explica Benilson.
 
Para a etapa de formação, realizada até a tarde desta segunda-feira, foram convidados diversos especialistas. Eles vão mostrar como pode ser feita a abordagem sobre as drogas de forma eficaz, na linguagem dos jovens. Os participantes ainda podem integrar as oficinas temáticas, que mostrarão o assunto de forma aprofundada.
 
Segundo a secretária de Educação de Bayeux, Madalena Araújo, a meta da Educação é ampliar a atuação do SPE, em 2011. “Esse projeto preventivo foi planejado para fortalecer o programa. Vamos unir forças com as comunidades para combater o avanço dos tóxicos e da violência”, explica a secretária.
 
Durante a abertura, o prefeito Jota Júnior lamentou a banalização de valores e instituições como a família, religião, escolas e como isso contribuiu para o aumento da violência e uso de drogas. “A Prefeitura não pode ficar inerte diante dessas coisas. Estamos criando a estrutura para tirar as crianças das ruas. Vamos mostrar que o mundo das drogas não oferece vantagens. Cabe a cada um de nós vigiar e unir forças para combater o avanço desse mal”, reforça o gestor.
 

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.