Energia é retomada em grande parte do Nordeste

A energia retornou gradativamente na madrugada desta sexta-feira em boa parte das capitais nordestinas afetadas por uma falha no fornecimento elétrico que deixou ao menos sete Estados da região –Pernambuco, Ceará, Bahia, Alagoas, Rio Grande do Norte, Sergipe Paraíba– sem luz desde o fim da noite de quinta-feira.

Em algumas localidades o fornecimento de energia ainda é instável.

Em Recife (PE), boa parte da energia retornou por volta das 3h, no horário local (4h no horário de Brasília), mas alguns bairros continuavam às escuras por volta das 5h. Segundo os bombeiros, o retorno foi gradativo e com pequenos apagões de minutos.

Na Paraíba, o fornecimento foi restabelecido por volta das 4h, no horário local, e por duas vezes houve queda da energia durante alguns minutos.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, Dilton Da Conte Oliveira, presidente da Chesf (Companhia Hidrelétrica do São Francisco), confirmou que todas as usinas do Nordeste foram desligadas, mas não soube dizer o que teria gerado o problema. Segundo ele, todas as equipes da companhia foram acionadas para trabalhar no restabelecimento da energia.

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), por sua vez, ainda não se pronunciou a respeito do problema.

BLECAUTE

Por volta da 0h40 (horário de Brasília), internautas de diversas capitais da região começaram a relatar no Twitter que as cidades estavam completamente no escuro. O termo "apagão" entrou rapidamente na lista mundial de termos mais citados no microblog.

Na cidade de Fortaleza (CE), o apagão teve início à 0h30. Cidades do interior do Estado também ficaram sem energia.

Segundo a Coelce –concessionária de energia no Estado– a causa do apagão não foi originada no Ceará.

No Recife (PE), diversos bairros do centro e da zona norte da cidade também foram afetados pelo blecaute.

A Celpe –concessionária de energia no Estado– informou por meio de sua assessoria de imprensa que aguarda informações do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e disse que a companhia pernambucana não teve relação com o apagão.

Em Salvador (BA), a professora universitária Agnes Bezerra, 34, moradora do bairro Pituba, disse que dava medo de sair à rua devido à completa escuridão. "Eu já liguei para o meu pai que mora no bairro Stela Maris, próximo ao aeroporto de Salvador, e lá também falta energia."

O show da cantora Ivete Sangalo no Festival de Verão de Salvador, previsto para a meia-noite horário local (1h de Brasília), começou com 40 minutos de atraso devido à falta de energia. Os equipamentos do palco funcionaram com o auxílio de geradores.

Pouco após as 2h (horário de Brasília) internautas relatavam nas redes sociais que a energia começava a voltar de forma instável em algumas cidades da região, como Maceió, Olinda, Salvador e Fortaleza.

 

Folha Online

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.