Empresário nega agressão física, mas confirma xingamento a Zé Aldemir

O empresário Otacílio Ribeiro, o Cilôca, negou que houve agressão física e disse que o prefeito Zé Aldemir começou com as ofensas durante a discussão deles sobre a proposta de curso de aperfeiçoamento para mototaxistas, em Cajazeiras. A confusão aconteceu durante o velório da mãe do radialista Gutemberg Cardoso, nessa sexta-feira (14). “Ele me mandou tomar no c…”, revelou Cilôca ao ParlamentoPB.

“Não agredi ele (fisicamente) não. Nem ele me agrediu. Eu estava no velório (da mãe de Gutemberg), a gente discutiu sobre o curso e ele mandou me tomar no c… Eu mandei ele tomar no c… também”, explicou o empresário.

Otacílio Ribeiro disse que esse desentendimento não surgiu de repente e que já é consequência de divergências políticas entre eles. “Já vinha de outras coisas, de divergência política. Ele me cobrou porque meu filho não votou na esposa dele. O voto é livre.”

Sobre o curso para os mototaxistas, proposto por Cilôca ao prefeito, ele disse que é obrigatório e que propôs uma parceria para que uma empresa de fora pudesse oferecer o curso com um valor mais baixo do que é oferecido pelo Sesc Senac, em Campina Grande.

“É um curso que é obrigatório a ser feito. O órgão de trânsito daqui (de Cajazeiras) que não está exigindo. Sugeri uma empresa vir para fazer mais barato do que é oferecido no Sesc Senac de Campina G

rande, que lá custa R$ 200. A empresa poderia fazer por R$ 100.”

Em nota, a prefeitura informou que o empresário insistiu em uma proposta de curso para mototaxistas do município e isso teria gerado uma “discussão acalorada” entre ele e o prefeito Zé Aldemir. Ainda segundo a nota, “os exageros nas agressões verbais ‘partiu’ do senhor Cilôca por não concordar com a posição do prefeito de defender a categoria.”

Saiba mais

Prefeito de Cajazeiras e empresário brigam em velório da mãe de Gutemberg Cardoso

Veja a nota na íntegra.

Nota de Esclarecimento

A bem da verdade, para desmentir o que maldosamente foi espalhado redes sociais, a respeito de episódio ocorrido na tarde de hoje entre o prefeito Zé Aldemir e o senhor Otacílio Ribeiro (Cilôca), esclarecemos o seguinte:

No momento de uma conversa, onde o prefeito não concordou com a proposta insistente de Cilôca de submeter os mototaxistas a um curso de aperfeiçoamento, algo que ia custar a cada um da categoria, a importância de cerca de R$ 200,00 (duzentos reais). Em dado momento, houve uma discussão acalorada, porém, sem agressões físicas como tem sido espalhado.

No entanto, vale ressaltar que os exageros nas agressões verbais partiu do senhor Cilôca por não concordar com a posição do prefeito de defender a categoria.

No mais é exploração política da turma do quanto pior melhor que a cada dia se desespera com as inúmeras ações positivas da gestão do prefeito Zé Aldemir.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.