Empresária é presa pela PF de Patos com dinheiro e medicamentos

Uma mulher foi presa hoje de manhã no Centro de Patos por agentes da Polícia Federal sob suspeita de crime eleitoral. A empresária, dona de um posto de gasolina, estaria transportando em seu veículo Corolla uma "grande quantidade de dinheiro", além de uma caixa de medicamentos e uma lista, contendo nomes e valores atribuídos a cada um dos citados no rol.

A suspeita foi levada para prestar depoimento na sede da PF, em Patos. Com ela, também teriam sido encontrados materiais de campanha do candidato José Maranhão (PMDB).

“PF apura possível prática de crime eleitoral cometido por farmacêutica”

"Por volta das 12h30 de hoje, compareceram nesta Delegacia de Patos um Promotor  e um Técnico Judiciário para comunicar uma possível prática de crime eleitoral cometido por uma farmacêutica e seu motorista que em tese teria recebido um envelope contendo propaganda eleitoral de um candidato a Governador, uma quantia em dinheiro no valor de R$ 250,00 e duas caixas de remédios.

O motorista, em depoimento, informou que tinha recebido o material citado da farmacêutica, o que levou os Policiais a se dirigirem à residência da denunciada e conduzirem-na à Delegacia de Patos para esclarecimentos".

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.