Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Em Sousa, enfermeiro é preso acusado de compra de votos

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Um cidadão foi preso no final da manhã de hoje no Núcleo I, em São Gonçalo, em Sousa. Identificado apenas pelo primeiro nome, Ornancir seria enfermeiro do Hospital Regional e foi denunciado por suposta compra de votos. A queixa feita contra ele à Polícia Militar dava conta de que Ornancir estaria em uma motocicleta circulando o bairro e oferecendo valores entre R$ 50 e R$ 100 pelo voto de quem se dispusesse a vendê-lo. Um popular chegou a dizer que ouviu-o desencorajá-lo de apresentar denúncia.

O enfermeiro teria dito que não adiantava chamar a polícia porque a corporação militar estaria ao lado do candidato dele.

O acusado foi preso por policiais militares e levado ao Fórum Eleitoral de Sousa, onde foi acompanhado por advogados da Coligação Paraíba Unida. Depois de detido, Ornancir declarou que não estava comprando votos, mas que o dinheiro seria utilizado para seu lanche e almoço.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Arthur Urso leva “esposas” para passear sem roupa íntima na orla de João Pessoa

Professores da UFPB desistem de candidatura e apoiam Terezinha e Mônica

Anteriores

f6e0316c-7fcf-455c-97a6-45997afb091b

Relatório de Efraim à PEC que criminaliza o porte de drogas é aprovado no Senado

camaradiasdavila

Vereadores de município baiano aprovam reajuste de R$ 0,46 para professores

chuvasjp (2)

João Pessoa tem média de 29 mm de chuvas em 24 horas, mas sem ocorrências graves

alpbabre (1)

ALPB garante acompanhantes para mulheres em procedimentos médicos com sedação

odonecico

Sancionada Lei que proíbe fogos de artifício com estampido em João Pessoa

1713220734661dac7e30ef1_1713220734_3x2_lg

Unimed manda cancelar plano de saúde de idosa de 102 anos

alph-ufpb (1)

Caso Alph: Ex-namorada é julgada pela morte de estudante da UFPB

Unimed JP 1

Unimed JP abre seleção para médicos atuarem em unidade de serviço domiciliar

Gervásio Maia, deputadoo

Projeto de Gervásio quer garantir fornecimento gratuito de repelentes para inscritos no CadÚnico

Vitor Hugo e Wallber Virgolino

Vitor Hugo diz que se Wallber entrar em bairro de Cabedelo será metralhado; deputado reage