Em nota, PT nega problemas com PSB de Eduardo Campos

O PT divulgou nesta sexta-feira uma nota, assinada pelo presidente da legenda Rui Falcão, negando problemas com o PSB do governador de Pernambuco, Eduardo Campos.

O PSB comanda o Ministério da Integração Nacional, alvo de críticas por conta dos critérios de distribuição de verbas contra enchentes.

"As relações com o Partido Socialista Brasileiro são as melhores possíveis e o assunto já foi devidamente esclarecido pelo ministro junto ao governo", diz a nota petista.

Levantamento feito pela Folha mostrou que 95,5% da liberação de pagamentos assumidos em 2011 para o programa de prevenção de enchentes foi para Pernambuco, Estado que, em 2010, vivenciou um dos piores desastres naturais de sua história por conta das chuvas.

Segundo a Folha apurou, um dos objetivos da nota é amenizar as declarações do secretário de Comunicação do PT, deputado federal André Vargas (PR), que criticou a verba antinchente encaminhada para Pernambuco pelo ministro.

Segundo Vargas, a ação foi um "privilégio a Pernambuco".

A insinuação de privilégio irritou a cúpula do PSB, em especial Eduardo Campos, um dos negociadores da liberação de recursos.

Folha Online

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.