Em manifestação na capital, Couto diz que Temer entregou Petrobras às petroleiras

“A luta que nós travamos hoje é para recuperar a Petrobras para o povo brasileiro”. A frase foi do deputado federal Luiz Couto (PT), durante um ato público realizado no fim da tarde desta quarta-feira, 30, pelas Frentes Brasil Popular e Povo sem Medo da Paraíba, que reunem diversos movimentos sociais ligados à esquerda. Couto acrescentou que o presidente da companhia, Pedro Parente, mudou o estatuto para que o prejuízo eventual da empresa seja pago pelos consumidores. “Ele está cercado de um representante da Shell, outro da Exxon, da Texaco, enfim, das multinacionais de petróleo que mandam na Petrobras”, disse Couto.

Em seu discurso, o parlamentar acrescentou que o governo de Michel Temer, classificado por ele como “golpista” fez o Brasil perder o pré-sal. Os manifestantes entoaram o famoso grito de “Fora, Temer”.

O ato público do qual Luiz Couto tomou parte teve concentração em frente ao Centro de Zoonoses, na principal avenida do Bairro dos Bancários, às 14h e depois houve uma caminhada em direção ao Mercado Público de Mangabeira.

Comentários