Em JP, Margareth Menezes faz L de Lula e comenta fala de Bolsonaro: “Insultos não nos machucam”

A cantora Margareth Menezes fez show na noite desse sábado (27), em João Pessoa. Ela se apresentou na programação do Festival Jackson do Pandeiro, no Espaço Cultural, no bairro de Tambauzinho. Em uma pausa das músicas, a baiana comentou, sem citar nomes, a fala de Bolsonaro sobre o Nordeste e fez um L com as mãos, em suposta referência ao ex-presidente Lula.

“Insultos já não nos machucam porque a gente é muito maior do que isso. Nossa história diz quem somos nós. Então viva a todas as pessoas, todos os estados nordestinos, todo o povo do Nordeste”, disse ela que, em seguida, ergueu a mão com força fazendo o L de Lula.

A declaração foi dada em resposta à frase de Bolsonaro, em conversa Onyx Lorenzoni antes de reunião com jornalistas, no dia 19 de julho, em Brasília. Bolsonaro foi flagrado em áudio captado dizendo: “daqueles governadores de ‘paraíba’, o pior é o do Maranhão. Tem que ter nada com esse cara.” Depois, ele tentou consertar a frase afirmando que se referia a Flávio Dino, governador maranhense, e a João Azevêdo, governador da Paraíba, argumentando que eles querem tomar para si o mérito de obras federais.

Veja o vídeo obtido com exclusividade pelo ParlamentoPB.

 

 

Em JP, Margareth Menezes faz L de Lula e comenta fala de Bolsonaro: “Insultos não nos machucam”

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.