Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Em inauguração ao lado de Lula, Dilma fala em “herança bendita”

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Em sua primeira viagem pós-eleição para inauguração de obras ao lado do presidente Lula, a presidente eleita, Dilma Rousseff, prometeu nesta terça-feira (30), em Tucuruí (a 390 km de Belém, PA), continuar o que chamou de "herança bendita" do atual governo.

"Eu vou continuar essa herança bendita do presidente Lula, eu tenho a missão e a responsabilidade de dar continuidade, de fazer avançar esse projeto de inclusão de milhões e milhões de brasileiros e de brasileiras."

Em discurso de improviso para 3.000 pessoas, Dilma falou por 11 minutos. Comemorou o "momento histórico" do país, creditando ao presidente as conquistas sociais dos últimos anos. Ela não comentou fatos atuais, como o combate ao narcotráfico no Rio de Janeiro, concentrando toda a sua fala nos feitos do governo.

Lula discursou em seguida e brincou com os elogios recebidos. "Se a Dilma não falar bem de mim, no dia 1º eu saio correndo com a faixa [presidencial] e quero ver ela me pegar", disse.

Logo depois, manteve o mesmo tom da sua sucessora e disse que a próxima presidente "vai pegar um país em construção". Citou grandes obras em andamento, como ferrovias e hidrelétricas, além das descobertas de petróleo no pré-sal. "Eu sei que nós fizemos muito, mas sei que ainda falta muito para fazer", declarou.

No final do seu discurso, Lula disse que, após deixar o governo, vai ouvir no rádio Dilma dizer "nunca antes na história do Brasil, pela primeira vez na história do Brasil" e que "ao invés de ficar com raiva como meu adversário ficou, vou ficar feliz, porque você estará fazendo aquilo que o povo quer", afirmou.

Em Tucuruí, Lula inaugurou duas eclusas construídas no rio Tocantins. A obra, orçada em R$ 1,6 bilhão, foi projetada em 1981, mas sua construção só foi retomada em 2006.

 

 

Folha Online

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Arthur Urso leva “esposas” para passear sem roupa íntima na orla de João Pessoa

Professores da UFPB desistem de candidatura e apoiam Terezinha e Mônica

Anteriores

f6e0316c-7fcf-455c-97a6-45997afb091b

Relatório de Efraim à PEC que criminaliza o porte de drogas é aprovado no Senado

camaradiasdavila

Vereadores de município baiano aprovam reajuste de R$ 0,46 para professores

chuvasjp (2)

João Pessoa tem média de 29 mm de chuvas em 24 horas, mas sem ocorrências graves

alpbabre (1)

ALPB garante acompanhantes para mulheres em procedimentos médicos com sedação

odonecico

Sancionada Lei que proíbe fogos de artifício com estampido em João Pessoa

1713220734661dac7e30ef1_1713220734_3x2_lg

Unimed manda cancelar plano de saúde de idosa de 102 anos

alph-ufpb (1)

Caso Alph: Ex-namorada é julgada pela morte de estudante da UFPB

Unimed JP 1

Unimed JP abre seleção para médicos atuarem em unidade de serviço domiciliar

Gervásio Maia, deputadoo

Projeto de Gervásio quer garantir fornecimento gratuito de repelentes para inscritos no CadÚnico

Vitor Hugo e Wallber Virgolino

Vitor Hugo diz que se Wallber entrar em bairro de Cabedelo será metralhado; deputado reage