Mário Tourinho

Administrador, pós-graduado em Planejamento Operativo, já atuou na administração pública federal, estadual e municipal


Em (e para) João Pessoa, “paisagismo é isso aí, Jair!”

Em agosto recente, escrevemos artigo, publicado neste mesmo espaço, em que elogiamos a forma como a gestão do prefeito Cícero Lucena tem encarado (e trabalhado) a questão do paisagismo.

Nesta gestão municipal o paisagismo (como o deve) passou a ser gerenciado com uma visão tanto inclusiva quanto “além jardins e praças”, e, como tal, assimila e age para que, por exemplo, as faixas/linhas sinalizadoras do trânsito sejam frequentemente repintadas, isto sob a consciência de que, afora serem instrumentos de segurança ao trânsito, elas – assim bem cuidadas – também embelezam a cidade!

A propósito, mais uma vez cabe lembrar que uma das atrações paisagísticas da cidade de Ashkelon, em Israel, são as faixas de pedestres em 3D: elas propiciam mais segurança e embelezamento!

Nessa mesma linha de cuidado e de visão paisagística, a prefeitura de João Pessoa mais estreitou o relacionamento com a CAGEPA no sentido de que as chamadas “tampas de bueiros”, instaladas “no meio das ruas”, deixem de ser absurdamente desniveladas e, consequentemente, provocadoras de acidentes no trânsito e de feiura nessas vias da cidade! (Bem ali, ao lado da paisagística Praça da Independência, bem frontal à também paisagística avenida Epitácio Pessoa, tem uma dessas “tampas de bueiro” desniveladas… constituindo “perigo” e “feiura”).

“Paisagismo é isso aí, Jair”: esta expressão está assim destacada no título destes escritos não só pra rimar “é isso aí” com “Jair”. Não! É porque o posto de titular da Diretoria de Paisagismo da SEDURB-JP foi confiado pelo secretário Fábio Carneiro e obviamente também pelo prefeito Cícero Lucena a um dos mais apaixonados cidadãos da cidade de João Pessoa, Jair Soares! Afora essa paixão que tem pela cidade, ele – Jair – sabe muito bem se relacionar e articular-se institucionalmente para, dentro das diretrizes de Governo do prefeito Cícero e orientações da SEPLAN-JP (esta muito bem dirigida pelo engenheiro José Williams Montenegro), obtenha o apoio de todos os setores que sejam necessários à efetivação das ações em prol do fortalecimento paisagístico da cidade de João Pessoa.

Um exemplo dessa capacidade de Jair Soares pode ser ilustrada em um fato bem recente, embora com origem lá em 5 de fevereiro deste ano quando residentes e gerentes dos restaurantes, hotéis e pousadas da beira-mar do Bessa, que formam o “Grupo Pró-Bessa”, reuniram-se com o prefeito Cícero Lucena requerendo melhorias urbanísticas e paisagísticas para referida área, especialmente na parte de iluminação, iluminação esta que, do ponto de vista paisagístico, tem – obviamente de noite – constituído-se em uma feiura para o lugar, afora afetar a (in)segurança nessa parte da orla pessooense!

Pois bem! Voltando a uma questão no âmbito da SEMOB, o diretor de Paisagismo da SEDURB articulou-se com aquela Superintendência e muito rapidamente foram “bonitamente” repintadas as sinalizações dos estacionamentos para “idosos” e “cadeirantes”, na orla do Bessa! O Grupo Pró-Bessa logo se reuniu e votou aplausos à medida, mas… houve integrante que questionou: – “E a repintura dos demais estacionamentos?!…”.

Estabeleceu-se, então, novo contato com Jair Soares, a ele se ponderando sobre aquela “incompletação”. Resposta de Jair: – “A SEMOB é como a Prefeitura toda nesta Gestão Cícero Lucena: – não faz serviço pela metade, não! A SEMOB, sob a boa condução de George Moraes, bem brevemente estará completando toda a sinalização da beira-mar do Bessa não só pela segurança e tranquilidade que precisa dar especialmente aos pedestres, mas, também, porque sabe que embeleza a cidade!”.

Para concluir este texto só falta repetir: – “Paisagismo também é isso aí, Jair!”.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.