Em Cajazeiras, vereadores são impedidos de falar com José Maranhão

O governador José Maranhão esteve ontem em Cajazeiras e anunciou uma série de investimentos para a população daquele município do Alto Sertão da Paraíba, no dia em que completa 146 anos de emancipação política. Entre os anúncios estão a construção de dois ginásios poliesportivos, com investimentos de quase R$ 2 milhões e o planejamento para a construção de mais um colégio da rede estadual de ensino.

Maranhão chegou a Cajazeiras por volta das 11h. Acompanhado do prefeito Léo Abreu, deputados Wilson Santiago (federal) e Jeová Campos (estadual), auxiliares do governo, lideranças políticas e vários prefeitos da região, ele se dirigiu ao Colégio Nossa Senhora de Lourdes, onde presidiu a aula inaugural do Cursinho Pré-Vestibular 2009, promovido pelo Governo do Estado e que vai beneficiar 32 mil alunos da rede pública de ensino.

De acordo com informações da imprensa local, a demora de Maranhão, que deveria chegar à cidade às 9 horas, foi o motivo para que um grupo de estudantes chegasse a vaiar o governador. Outro incidente foi um confronto entre seguranças e alguns vereadores, que gostariam de falar com Maranhão, mas foram impedidos de se aproximar. Segundo o site Diário do Sertão, um dos parlamentares chegou a ser derrubado pelos seguranças.

Na sexta-feira, 21, o Secretário de Educação, professor Sales Gaudêncio, foi a Cajazeiras para lançar o Proerd, (Programa Educacional de Resistência as Drogas e a Violência) e foi cobrado a dar explicações sobre atraso de salários. Munidos de cartazes, professores contratados denunciaram que estão há 7 meses sem receber vencimentos. “Queremos receber nossos salários, e Trabalho, Educação, sem vencimento, não combinam”.
 
Sales, tendo como testemunhas o deputado Jeová Campos e o Padre Francivaldo, diretor do 9º Núcleo de Educação, disse que não tinha conhecimento do problema até então.

Ações – Na aula inaugural, o secretário Sales Gaudêncio, da Educação, fez uma explanação da importância do cursinho lançado pelo Governo do Estado, salientando que ao assumir os destinos do Estado uma das marcas foi priorizar a educação, quando encontrou esse importante setor sucateado.

Já o governador José Maranhão lembrou os diversos investimentos que estão sendo realizados no Estado em prol da educação citando a construção de dois ginásios poliesportivos e anunciou a construção de um educandário, que segundo ele, será modelo no Estado.

Ainda em Cajazeiras, já no plenário da Câmara Municipal, Maranhão assinou convênio com 18 prefeitos da região do Sertão da Paraíba que vão integrar o Programa de Políticas para Mulheres, envolvendo esses municípios no “Pacto Nacional pelo Enfrentamento da Violência Contra a Mulher”. A coordenadora do programa na Paraíba, Douraci Vieira, esteve presente a solenidade.

O pacto foi assinado pelos prefeitos de Cajazeiras, Cachoeira dos Índios, Triunfo, São José de Piranhas, Monte Horebe, Poço Dantas, Poço José de Moura, Bom Jesus, Bonito de Santa Fé, Santarém, Santa Helena, São João do Rio do Peixe, Carrapateira, Uiraúna, Bernardino Batista e Nazarezinho.

O Programa de Políticas para Mulheres, criado em julho desse ano pelo governador Maranhão, tem como compromisso oferecer parcerias para a implantação de projetos e serviços que assegurem a melhoria da qualidade de vida das mulheres.

A iniciativa vai levar a população informações sobre as políticas públicas ligadas as mulheres, Além de orientações sobre medidas de combate à violência. Com a assinatura o prefeito de Cajazeiras e o governador oficializam o compromisso que envolve as três esferas dos governos federal, estadual e municipal na implantação de políticas públicas para enfrentar essa questão, assegurando a mulher tratamento especial nas áreas de saúde e segurança.
 
Na Câmara Municipal, onde aconteceu à assinatura do convênio, o governador participou do lançamento, pela Prefeitura Municipal de Cajazeiras, do Projeto do Arranjo Produtivo Local – APL de confecções. Em seu discurso, Maranhão enalteceu a decisão de empresários em investir na Paraíba e fez questão de citar os nomes dos empresários cearenses Lindomar Peixoto e Raul Pinto que geram em torno de 100 empregos diretos com seus empreendimentos em Cajazeiras.

O Projeto do Arranjo Produtivo é um plano de ação envolvendo a Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep) e o Sebrae, através de convênio que envolve recursos na ordem de R$ 80 mil, sendo R$ 40 mil para cada.

O objetivo do projeto, que será realizado em duas etapas, é o de atender as empresas do setor têxtil de Cajazeiras e região, através de um plano que vai capacitar empresários e trabalhadores da indústria têxtil. A primeira fase será iniciada neste mês de agosto e acontecerá até dezembro próximo, enquanto que a 2ª etapa no primeiro semestre de 2010.

Esta é a quinta vez que Maranhão visita a cidade de Cajazeiras desde que assumiu o governo do Estado em fevereiro último. Nas duas solenidades o governador falou dos diversos investimentos levados para aquela cidade e garantiu que voltará para inaugurar o aeroporto, esgotamento sanitário e outros benefícios.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.