Elson Cunha Lima nega pecha de traidor e atribui currículo a Tião

O prefeito de Areia, Elson Cunha Lima (DEM), se irritou com as acusações feitas por seu adversário Tião Gomes (PSL) a respeito de sua traição ao grupo político do ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB). Tião afirmou que a adesão de Elson ao governador José Maranhão (PMDB) se deu por interesse de arquivar o processo que pede a cassação do Democrata. Hoje, Elson negou a pecha que lhe foi atribuída e afirmou que Tião teria sido responsável pelo aprimoramento do verbo "trair".

A entrevista foi concedida ao programa Rádio Verdade, da Arapuan FM.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.