Elizabeth Teixeira e Elisa Mineiros participam de debate do PSB

Na manhã de hoje, a Secretaria Estadual de Mulheres do PSB realizou no Hotel Ouro Branco o debate: "Igualdade, Representação e Políticas Públicas – Mulheres na Política e no Poder". O evento foi motivado pela celebração do Dia Internacional da Mulher e pelos 80 anos da conquista do direito ao voto feminino no Brasil, ambos comemorados neste mês de março.
 
Duas participações especiais deram início ao evento, de modo informal. Primeiro, a viúva do líder camponês João Pedro Teixeira, Elizabeth Teixeira, de 88 anos, fez um depoimento sobre a história de lutas dos trabalhadores do campo na Paraíba, destacando a luta pela Reforma Agrária. Logo em seguida falou Elisa Mineiros, assistente social e professora, que também teve uma longa trajetória de lutas no interior do Estado, sobretudo em Monteiro, sua cidade natal.
 
A mesa de abertura do debate foi composta por Valquíria Alencar, secretária Estadual de Mulheres do PSB; Mãe Renilda, secretária Municipal de Mulheres do PSB; Ivanilda Gentle, integrante da Secretaria Nacional de Negritude do PSB; Gilberta Soares, secretária de Políticas Públicas para a Mulher da Paraíba; Sandra Marrocos, vereadora de João Pessoa pelo PSB; e Laura Farias, superintendente da Emlur.
 
A segunda mesa foi composta por Estelizabel Bezerra, pré-candidata do PSB à Prefeitura de João Pessoa; e Cristina Buarque, Secretária Estadual da Mulher do Governo de Pernambuco. As socialistas do PSB e suas convidadas dialogaram sobre diversos aspectos da temática feminista, com destaque para a presença das mulheres na política.
 
Nos últimos 30 anos no Brasil saímos de uma situação de preconceito contra as feministas para uma importante mudança de opinião da sociedade e ocupação de espaços pelas mulheres na política e nas instâncias de poder, afirmou a secretária Cristina Buarque. Ainda comentou sobre os avanços das políticas públicas e na organização das mulheres no Estado de Pernambuco, também administrado pelo PSB. 
 
Já Estelizabel Bezerra destacou a maior capacidade de diálogo das mulheres e o surgimento de políticas públicas específicas para o segmento feminino em João Pessoa, a partir da gestão socialista. “Desejo muito que a cidade me conceda esta oportunidade, esta honra de ser a primeira mulher a governá-la. Temos uma importante contribuição a dar”, disse.
 
Na parte final do evento houve tempo para considerações da platéia, formada por muitas socialistas, feministas, pré-candidatas a prefeita e vereadora, além de filiados e dirigentes do PSB. Também foi apresentada uma moção de repúdio ao crime bárbaro contra mulheres, ocorrido recentemente na cidade de Queimadas-PB.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.