Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Eletricitários protestam e Energisa enfatiza reajuste à categoria

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Três diretores do Sindicato dos Eletricitários da Paraíba (Sindeletric-PB) iniciaram na tarde de ontem, uma greve de fome por tempo indeterminado. Drauzio Macedo, Pierre Augusto Melo e Jim Toreli estão protestando contra a diretoria da Energisa, concessionária de energia elétrica no Estado, e alegam que a companhia não avançou nas negociações pelo Acordo Coletivo da categoria. Eles estão na recepção da sede da empresa, no bairro do Cristo Redentor.

Hoje, a Energisa distribuiu uma nota à imprensa e disse desconhecer as razões do protesto. Segundo a empresa, o Acordo Coletivo de Trabalho foi celebrado com o Sindicato das Indústrias Urbanas da Paraíba, que representa os eletricitários do interior da Paraíba, e a categoria aceitou o reajuste proposto de 5,4%, índice superior à inflação do período, que foi de 5,1%.

Confira a íntegra da nota:

NOTA À IMPRENSA
 
A direção da Energisa Paraíba/Borborema informa que celebrou Acordo Coletivo de Trabalho com o Sindicato das Indústrias Urbanas da Paraíba (STIUPB), entidade que representa os eletricitários do interior da Paraíba. A categoria aceitou a proposta de reajuste salarial de 5,4% contra uma inflação de 5,1% no mesmo período. A correção foi baseada na variação do INPC – Índice Nacional de Preços ao Consumidor – e representa 5,5% acima da inflação do período. Além da correção salarial, a Energisa reajustou o valor do vale-alimentação em 8,7%, passando de R$ 460,00 para R$ 500,00, e aumentou a gratificação eventual em 10%. O valor que, em 2009 foi de R$ 1.000,00, passou para R$ 1.100,00 pagos integralmente junto com o pagamento de novembro.

A mesma proposta foi recusada pelo Sindicato dos Eletricitários da Paraíba (Sindieletric), que representa a categoria baseada em João Pessoa. A Energisa entende que a atitude intransigente dos representantes de seus colaboradores prejudica a categoria lotada na Capital, já que não serão creditados, imediatamente, os ganhos do Acordo Coletivo.

A empresa informa ainda que desconhece os motivos do protesto de três sindicalistas iniciado na noite de ontem,  1º de dezembro, e repudia a forma arbitrária com que foi feita a ocupação da recepção da empresa.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Banco do Nordeste nomeia novo superintendente na Paraíba

Prefeito paraibano fala de “infelicidade” de ter filhos autistas e servidora acrescenta: “São doidos”

Anteriores

Carregador de armazem

Sine disponibiliza 521 vagas de emprego em João Pessoa a partir desta segunda-feira

ataque gaza 140724 FOTO PCRS org humanitaria

Após novo ataque à Gaza, Lula diz que Israel segue sabotando processo de paz

Três homens são presos suspeitos de tráfico de drogas em Guarabira

Três homens são presos suspeitos de tráfico de drogas em Guarabira

entregador FOTO Pixabay

Sine-PB oferta 533 vagas de emprego em 10 municípios paraibanos

onibus acidente sobrado br-230_

Ônibus que seguia para Vila Sítio São João tomba na BR-230, em Café do Vento

João Azevêdo entrega Casa da Cidadania do bairro do Bessa, em João Pessoa

João Azevêdo entrega Casa da Cidadania do bairro do Bessa, em João Pessoa

presidente lula FOTO fabio rodrigues pozzebom agencia brasil

Presidente Lula repudia atentado contra Donald Trump

mega sena FOTO rafael neddermeyer agencia brasil

Mega-Sena premia 28 apostas da Paraíba

Nilvan discute prioridades para os jovens de Santa Rita durante plenária

Nilvan discute prioridades para os jovens de Santa Rita durante plenária

mulher FOTO Pixabay

Homem é preso suspeito de agredir e ameaçar esposa com arma em Brejo do Cruz