Efraim se culpa pela derrota e diz que a PB ganhou com chapa atual

Mafalda Moura

O senador Efraim Morais (DEM), derrotado nas eleições de 2010 disse em entrevista à Rede Correio Sat na tarde desta quarta-feira, 17, que não culpa ninguém por sua derrota, mas a si mesmo. Ele disse ainda que ao contrário do que todos acham, ele só tem a agradecer, aos quase 700 mil votos, que não foram suficientes para se eleger, mas que foi resultado de muito esforço e trabalho.

– Eu não atribuo a derrota a ninguém. Eu mesmo sou responsável pela minha derrota. Mas a Paraíba ganhou muito mesmo assim, ganhou com a vitória de Cássio Cunha Lima (PSDB), e Rômulo Gouveia (PSDB), e pode ter certeza que viverá novos dias com o governo de Ricardo Coutinho (PSB).

Efraim disse ainda que quer continuar contribuindo para o crescimento do estado e que tem certeza que ainda terá muito a fazer pela Paraíba. Ele afirmou que seu futuro político é incerto, sabe apenas que a partir de 1 de fevereiro voltará a assumir a vaga de engenheiro da Suplan.

– O meu futuro político é muito cedo pra falar, até 31 de janeiro eu continuo no Senado, mas a partir de 1 de fevereiro reassumirei a vaga de engenheiro na Suplan.

Quanto a fazer parte da equipe de Ricardo Coutinho no governo do estado Efraim disse que não costuma trabalhar com hipóteses, mas se for convidado, a vaga será discutida pelo partido.

– Não gosto de trabalhar com hipóteses, se eu for convidado a decisão será direcionada ao partido, reuniremos a executiva e vamos decidir como vai ser a participação do partido no governo, mas o que tem até agora são apenas especulações.

Efraim está em Brasília e fará parte do encontro de parlamentares que discutirão as emendas do Orçamento da União 2011.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.