Efraim Morais nega desistência e afirma estar fortalecido para disputa

O senador democrata Efraim Morais quebrou o silêncio que decidiu manter desde que foi denunciado o episódio da contratação de duas servidoras fantasmas em seu gabinete. Em Guarabira, onde participou do IV Encontro das Oposições, ele minimizou os efeitos do fato e negou que tenha discutido a hipótese de retirar sua pré-candidatura:

– Já tomamos nossa posição que foi demitir as funcionárias envolvidas. Queremos a verdade. O importante é que queremos a apuração total. Não existe hipótese de retirar a candidatura. Ela está fortalecida. É a vontade do povo. Nossa candidatura está posta e continuará. Até por isso, já temos uma decisão. Sou o único candidato a senador que tem a chapa formada: Carlos Antônio e Ramalho Leite.

Em um discurso que fez durante o evento, Efraim também se reportou ao caso das irmãs Kelly e Kelriany Nascimento:

– Eu não tenho medo de nenhuma dessas acusações que estão sendo feitas. Só há duas forças que mudarão meu destino: a primeira é que não me pertence, mas a todos nós: é a crença em Deus; e a segunda é confiar e são 28 anos de mandato e eu tenho a confiança do povo da Paraíba.

Indagado sobre o resultado da pesquisa Ibope, que o mostra em segundo lugar nas intenções de voto para o Senado Federal, Efraim desqualificou a consulta:

– O Ibope sempre errou na Paraíba.

A entrevista e o áudio do discurso de Efraim Morais foram veiculados durante o programa Conexão Paraíba, da Tambaú FM.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.