Efraim Filho participa de homenagem aos 30 anos da criação da UNE

Em discurso realizado na tribuna do plenário da Câmara, nesta quarta-feira, 15, o vice-líder do Democratas na Casa, deputado Efraim Filho, lembrou da importância de haver uma pluralidade ideológica dentro da União Nacional dos Estudantes (UNE). O pronunciamento foi feito durante sessão solene em homenagem aos 30 anos da entidade.

"Hoje, a UNE não aceita mais rótulos. Não se pode dizer que a entidade é feita simplesmente por estudantes socialistas, são estudantes sociais, estudantes liberais. Não são de situação, não são de oposição. São estudantes de proposição, que vêm propor ideias para um País que querem ver crescer cada vez melhor", considerou o parlamentar que é presidente do movimento Juventude Democratas.

Durante o discurso, Efraim Filho lembrou que continuamente é questionado sobre uma possível falta de motivação do jovem em relação à política. "Hoje, na condição de presidente da juventude política, com uma atuação presente na política e na juventude, muitos me perguntam: É verdade que o jovem odeia a política? Eu digo: Não, o jovem adora política. Agora ele está decepcionado como se faz a política. A decepção da juventude, da nova geração brasileira hoje é propriamente com os políticos e com os exemplos que vêm sendo dados", disse o paraibano para em seguida emendar. "É neste momento que se exige que o jovem lance um olhar sobre si, sobre sua terra, sua gente e veja que é hora, sim, de sair às ruas e de participar. Não é hora de se omitir, de se isolar, mas de trazer realmente a sua voz para que possa participar cada vez mais firme e mais forte". Antes do término do discurso, o parlamentar agradeceu ainda a presença na sessão solene do presidente do Diretório Central dos Estudantes do IESP, da cidade de João Pessoa (PB), Damacieudo Dantas.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.