Efraim e Cícero liberam bancadas para votar empréstimo do Governo

Os deputados do DEM e do PSDB estão liberados para votar da maneira como quiserem na próxima terça-feira, 7, quando devem entrar em pauta a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e o polêmico pedido de empréstimo do Governo do Estado. Hoje, os presidentes dos partidos, senadores Efraim Morais e Cícero Lucena ressaltaram que os parlamentares das duas siglas têm autonomia para analisar as matérias pendentes no legislativo estadual.

"A decisão é da bancada, que é independente e autônoma para decidir. Não vai haver reunião para fechar questão em torno do empréstimo. Cada um deve votar de acordo com sua consciência", disse o senador Efraim Morais, acrescentando que deve haver detalhamento do investimento a ser realizado com os R$ 191 milhões e quais os municípios que devem ser beneficiados: "A decisão não é do presidente dos DEM, não é da executiva do partido, mas sim dos deputados. Eles são eleitos para tomar esse tipo de decisão".

Para Cícero Lucena, o pensamento é idêntico: "O PSDB tem como princípio a democracia. Os deputados pediram transparência na aplicação dos recursos. Não fizemos imposição e nem demos ordem. Os deputados são representantes legítimos do povo".

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.