Edvaldo Rosas anuncia expulsão de cinco prefeitos dissidentes

O presidente estadual do PSB da Paraíba, Edvaldo Rosas, confirmou que o partido vai deixar sem filiação os cinco prefeitos que preferiram votar em José Maranhão (PMDB) para governador nas eleições do ano passado ao invés de seguir o candidato socialista, Ricardo Coutinho. Rosas acrescentou que não serão impetradas ações contra os gestores, mas apenas seus nomes não serão confirmados no processo de recadastramento de filiados a ser feito no mês de setembro. Desta forma, ficarão sem legenda Eduardo Brito Carneiro, de Mamanguape; Carlos Antonio Alves da Silva, de Sossego; Deoclécio Moura Filho, de Taperoá; Josevaldo Alves (Natuba); e o ex-prefeito de Cajazeiras, Léo Abreu.

– É público e notório quem foram os infieis. Todo mundo sabe e existem relatórios, fotos mostrando isso, nos dando a garantia do descumprimento do estatuto e do regimento. Não vamos pedir o mandato destes prefeitos, mas vamos pedir que eles procurem outra legenda porque optaram por outro projeto político.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.