Edna diz que desde que Maranhão assumiu o Governo deixou de receber projetos

A prefeita da cidade de Monteiro, Edna Henrique (DEM), denunciou que, desde fevereiro de 2009, quando o atual governador assumiu a administração estadual, já enviou mais de 20 projetos para o Governo do Estado, mas não obteve a aprovação de nenhum. Para ela, Monteiro sofre um dos casos mais evidentes de perseguição política da Paraíba, pelo simples fato da prefeita ser de um partido de oposição ao do governador. 

Edna Henrique fez a denúncia durante comício da coligação Uma Nova Paraíba no município de Monteiro, na noite desta sexta-feira (17), onde ela e o deputado estadual João Henrique (DEM), que tenta a reeleição, recepcionaram o candidato ao governo do Estado, Ricardo Coutinho (PSB) e o candidato ao Senado, Efraim Morais (DEM).

“Não é justo que a nossa cidade passe por uma situação como essa. Como pode um governador excluir uma população inteira por conta da posição política da prefeita? O atual governador decidiu que só pode governar para quem votou nele e para os prefeitos que o apóiam. Isso não é justo com a população”, declarou Edna Henrique.

Ela citou como exemplo os ônibus escolares. Segundo a prefeita, o município de Monteiro solicitou ao Ministério da Educação cinco veículos. Os ônibus foram autorizados, porém a distribuição ficou sob a responsabilidade do Governo do Estado, que não liberou um único veículo para a cidade. “A prefeitura teve que alugar os ônibus para levar os estudantes até suas escolas, pois não poderíamos deixar os alunos desamparados”, afirmou.

Edna Henrique disse ainda que a Paraíba está muito perto de dar um basta na era de perseguição política e da mesquinharia, com a eleição de Ricardo ao Governo do Estado. “Não tenho dúvidas que Ricardo vai ser o novo governador do nosso Estado”, afirmou.  

 

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.