Durval Ferreira anuncia devolução de outros 25 servidores

O presidente da Câmara de João Pessoa, vereador Durval Ferreira (PP), vai devolver, esta semana, entre 20 e 25 servidores de outros órgãos que estão à disposição da Casa. Outros 20 já foram devolvidos aos órgãos de origem, segundo informou o presidente da Casa. A Câmara contava com 153 servidores nesta situação. Durval Ferreira prevê a devolução de 80 servidores no total. “Já devolvi uma parte e estaremos devolvendo outra, e assim a gente vai mandando. Queremos devolver entre 60 a 80 pessoas”, disse Durval. A primeira projeção da Câmara era de devolver 93 servidores.

A devolução dos servidores à disposição segue uma recomendação do Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB). “Existe uma orientação do TCE que a gente reveja e devolva uma parte dos cedidos. Não disse quantos. Mas quem quer devolver, hoje, é o próprio presidente, nós queremos devolver”, disse Durval. “Dentro de 30 a 45 dias, estaremos devolvendo aqueles que terão que ser devolvidos”, garantiu, informando que quer manter apenas os servidores cedidos na área administrativa da Casa. 

Durval confirmou ontem que o ex-vereador Aníbal Marcolino, que é médico do Estado, foi contratado pela Câmara de João Pessoa. “A convite do vereador João dos Santos, ele veio em fevereiro para a Câmara”, disse. “É igual aos outros que estão aqui na Casa, só que Aníbal presta serviço como médico, tanto é que a saída (licença) do vereador Marcos Vinícius quem assinou foi ele”, alegou Durval. O vereador revelou que Aníbal Marcolino tem uma remuneração em torno de R$ 2.000, como médico, que, segundo ele, é o teto máximo na Câmara, mas disse que outros servidores cedidos recebem entre R$ 200 e R$ 1.000.

O líder da bancada de situação, vereador Tavinho Santos (PTB), denunciou a falta de médicos na Casa. “É importante que tenhamos três médicos para assinar as licenças, mas os que tínhamos, se aposentaram, e só temos um médico”, revelou Tavinho, defendendo a necessidade de realizar concurso. Durval assegurou que a Câmara está cumprindo os limites de gastos com pessoal e seguindo as recomendações do TCE na gestão de pessoal.

PEC dos vereadores

A Câmara Federal deve votar hoje a PEC que eleva o número de vereadores nas Câmaras Municipais. A capital pode aumentar mais seis parlamentares. O presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, vereador Durval Ferreira, disse que a partir de janeiro de 2010, a Casa poderá acomodar os seis vereadores que serão acrescidos na hipótese de aprovação do projeto, mas alertou que isso acarretará “aperto” e “sacrifício” para o Legislativo municipal. “Vai onerar por ano em torno de R$ 2 milhões”, alertou. Ele espera que a PEC passe a vigorar somente a partir de 2010, em função do orçamento. “Acredito que este ano não entrará mais, porque não vai existir mais orçamento em nenhuma Câmara”, argumentou.

Jornal da Paraíba

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.