Dupla é suspeita de tramar atentado contra Jota Júnior

O prefeito de Bayeux, Jota Júnior (PMDB), pode ter sido vítima de um suposto atentado. Essa é a primeira hipótese cogitada pela polícia e populares do município após a prisão efetuada hoje de Marcos Paulo Soares da Silva, 32 anos, morador do bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa.

O acusado estava na companhia de um comparsa que após trocar tiros com a polícia conseguiu fugir em uma moto. A dupla rondava a prefeitura.

De acordo com informações da polícia, a dupla estava em um terreno onde funcionava um posto de combustíveis ao lado da prefeitura, provavelmente, aguardando a saída de Jota Júnior que estava despachando em seu gabinete.

A dupla também pode estar envolvida no assalto a um dono de farmácia na última quarta-feira (12) quando foi levada a quantia de R$ 5 mil.

 

Bayeux em Foco

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.