Dom Marcelo Carvalheira recebe Comenda no senado Federal

Nesta terça-feira, às 11h, no Plenário do Senado Federal, será feita a entrega da Comenda de Direitos Humanos Dom Hélder Câmara. Em 2011, o segundo ano em que a homenagem é realizada, os agraciados são Dom Marcelo Pinto Carvalheira, Carlos Ayres Britto, Dom Eugênio de Araújo Sales, Jair Krischke, Dom Tomás Balduíno e Paulo César Fonteles de Lima (in memoriam).
 
A indicação de Dom Marcelo Pinto Carvalheira é de autoria do senador paraibano, Cícero Lucena (PSDB), e foi a única acolhida por unanimidade. “Dom Marcelo é um santo homem que dedicou sua vida a fazer o bem e servir ao próximo”, ressaltou Cícero Lucena.
 
Dom Marcelo Pinto Carvalheira é arcebispo emérito da Paraíba; Carlos Ayres Britto é ministro e atual vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF); Dom Eugênio de Araújo Sales é cardeal e arcebispo emérito do Rio de Janeiro; Jair Krischke é historiador, fundador do movimento de Justiça e Direitos Humanos (MJDH); Dom Tomás Balduíno é bispo emérito de Goiás e assessor da Comissão Pastoral da Terra; e Paulo César Fonteles de Lima foi deputado estadual e militante pela reforma agrária no Pará.
 
Os homenageados foram escolhidos pelo Conselho da Comenda de Direitos Humanos Dom Hélder Câmara, mediante análise de currículo, em meio a 35 indicações recebidas pela Mesa.
 
A Comenda de Direitos Humanos Dom Hélder Câmara, uma homenagem ao ex-arcebispo de Olinda e Recife, foi instituída em 2010, por iniciativa do ex-senador José Nery. Seu objetivo é agraciar personalidades que tenham oferecido contribuição relevante à defesa dos direitos humanos no Brasil.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.