Diretores da Sadia procuram Sandra Marrocos e Sine para reunião

Dois diretores da Sadia estarão em João Pessoa na próxima semana para participar de uma reunião com a vereadora Sandra Marrocos (PSB) e com o coordenador do Sine de João Pessoa, Demócrito Moca Medeiros. Eles responderam a um ofício encaminhado pelo gabinete da parlamentar cobrando explicações a respeito de denúncias publicadas pelo Parlamentopb segundo as quais vários trabalhadores pessoenses que deixaram a cidade para trabalhar na fábrica de Lucas do Rio Verde, Mato Grosso, estariam passando dificuldades pelo não cumprimento de promessas feitas pela empresa à época do recrutamento.

"Eles entraram em contato e devem estar conosco na segunda ou terça-feira. Vamos fazer uma reunião na sede do Sine para verificar o que a Sadia tem a dizer a respeito da situação desses trabalhadores. Nós queremos garantir dignidade a eles. Se não for possível, que eles voltem a João Pessoa", disse Sandra.

A primeira denúncia sobre as adversidades enfrentadas por um grupo formado por cerca de 91 paraibanos foi levada ao ar no dia 10 de agosto. Uma trabalhadora identificada como Amanda declarou que há descontos salariais indevidos, discriminação aos paraibanos e muita violência na cidade de Lucas do Rio Verde.

Ela fez um apelo ao prefeito Ricardo Coutinho (PSB) para que ele ajudasse no retorno dos trabalhadores insatisfeitos: "O prefeito tem que fazer alguma coisa por nós. O prefeito de Recife veio aqui e soube das dificuldades e mandou pagarem o salário certo aos trabalhadores. Contamos com o apoio de Ricardo Coutinho. Quem tinha condições de voltar, já foi embora. Quem não tem, fica aqui sofrendo", disse ela.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.