Dinho nega embriaguez e diz que não foi solicitado bafômetro

Em contato com a reportagem do Parlamentopb, o vereador Valdir José Dowsley, o Dinho, presidente do PR da capital, negou que tivesse sob o efeito de álcool ontem à noite quando causou um acidente na avenida Esperidião Rosas, nos Expedicionários, chocando o carro que conduzia com dois outros veículos parados.
 
– Eu não estava embriagado e nem me foi pedido que fizesse o teste do bafômetro. Isso não existiu. Eu me distraí porque atendi o celular quando dirigia. Se eu estivesse embriagado, teria sido autuado pela delegada.
 
O vereador também negou que tivesse sido preso e declarou que foi à delegacia de Tambaú espontaneamente, por orientação de seu advogado e assinou um Termo Circunstanciado. 
 
– Eu informei aos donos dos carros que tinha seguro e que me prontificava a pagar pelo prejuízo.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.