Dia dos Pobres: Arquidiocese da Paraíba oferece café, almoço e serviços neste domingo

O Dia Mundial dos Pobres foi instituído pelo Papa Francisco há 3 anos e, desde então, vem sendo vivenciado em todo o mundo com ações sociais e celebrações. Na Arquidiocese da Paraíba, a data será lembrada com ações da Pastoral da Pessoa em Situação de Rua no Mosteiro de São Bento e Missa na Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves.

O domingo terá café da manhã à partir das 7h e, em seguida, Missa na Catedral às 9h com o Arcebispo da Paraíba, Dom Manoel Delson. Durante toda a manhã serão oferecidos serviços de saúde, higiene e beleza e o almoço será servido às 12h. O SINE Municipal oferecerá palestras e cadastro para a reinserção no mercado de trabalho e a Secretaria de Desenvolvimento Social de João Pessoa também estará presente com atendimentos. “A ideia é a mesma sempre: dar dignidade à pessoa em situação de rua e ajudá-la a reconstruir a própria vida, facilitando caminhos e oportunidades”, enfatiza Massilon Ramos, coordenador da Pastoral.

As crianças do Projeto Legal, desenvolvido no bairro Marco Moura, periferia de Santa Rita, farão apresentações culturais e também serão atendidas nos serviços disponíveis durante o domingo. O Projeto Legal é desenvolvido pelo Centro de Direitos Humanos Dom Oscar Romero e atende cerca de 150 crianças e adolescentes. Sob a coordenação do Padre Xavier Paolillo, os jovens recebem alimentação e participam de oficinas pedagógicas, culturais, artísticas e musicais.

O Dia Mundial dos Pobres foi instituído pelo Papa Francisco ao término do Ano Santo da Misericórdia (8 de dezembro de 2015 a 20 de novembro de 2016) e é celebrado no domingo anterior ao da festa de Cristo Rei. O Papa Francisco justifica a criação da data com um convite à partilha e à solidariedade. “Este Dia pretende estimular, em primeiro lugar, os crentes, para que reajam à cultura do descarte e do desperdício, assumindo a cultura do encontro. Ao mesmo tempo, o convite é dirigido a todos, independentemente da sua pertença religiosa, para que se abram à partilha com os pobres em todas as formas de solidariedade, como sinal concreto de fraternidade. Deus criou o céu e a terra para todos; foram os homens que, infelizmente, ergueram fronteiras, muros e recintos, traindo o dom originário destinado à humanidade sem qualquer exclusão.”

Dia dos Pobres: Arquidiocese da Paraíba oferece café, almoço e serviços neste domingo

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.