Deputados devem votar até sexta autorização de empréstimo para UEPB

O plenário da Assembleia deve votar até esta sexta-feira, 18, último dia de sessão antes do inicio de recesso de final de ano,  um pedido de empréstimo no valor  de R$ 60 milhões de reais para a Universidade Estadual da Paraíba.
 
Os recursos segundo a reitora, professora Marlene Alves, destinam-se à consolidação dos programas de ensino, pesquisa e extensão nos diversos campi da UEPB, e também na construção de centrais integradas de atividades acadêmicas, centrais de aulas e Urbanização e Estruturação da Universidade.
 
O Governo do Estado encaminhou na segunda-feira (14.12) à Assembléia Legislativa,  pedido de empréstimo no valor de R$ 60 milhões de reais para ser aplicado na Universidade Estadual de Paraíba (UEPB).

A operação de crédito, conforme explicou o governador José Maranhão em sua mensagem ao Legislativo Estadual, será feita junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), e os recursos serão destinados para viabilizar a realização de despesas de capital previstas nos orçamentos anuais da instituição de ensino referentes ao exercício 2009 e 2010. Sendo 10 milhões para 2009 e 50 milhões para 2010.
           
“A despeito de toda a pujança verificada, a UEPB tem dificuldades estruturais, essencialmente, no tocante à infraestrutrura física, laboratórios e equipamentos. Nos diversos ‘campi’ que foram criados nos últimos anos e mesmo nos preexistentes, há  necessidade de criação de Centrais de aulas e conclusão de outras estruturas que trarão grandes benefícios para essa instituição e a população por ela atendida”, afirmou o chefe do Executivo Estadual.

O governo ressalta ainda as políticas permanentes da Universidade e também a evolução da instituição ao longo dos últimos anos, através da “melhoria das condições de trabalho, com ampliação de acervos e laboratórios, modernização tecnológica, expansão da pós-graduação“stricto sensu” e o investimento próprio em qualificação de pessoal docente e técnico-administrativo, pesquisa e extensão, além da renovação permanente dos quadros de pessoal, através de concursos públicos”.

A matéria foi encaminhada para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da ALPB e deve ser apreciada em reunião marcada para esta quinta-feira, 17.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.