Deputados criticam oposição por barrar projetos do governo na AL

O deputado estadual Rodrigo Soares (PT) disse que a bancada de oposição deveria parar de dificultar o andamento dos projetos do governo na Assembleia Legislativa da Paraíba. Para ele, os parlamentares oposicionistas deveriam pedir desculpas pelos seis anos do que não fizeram pela Paraíba. “Pelas obras abandonadas e pelo descaso com a estrutura do nosso Estado”, disparou.

Rodrigo citou como casos de projetos emperrados pela oposição o empréstimo de R$ 190,5 milhões que, lembrou ele, só foi aprovado na última hora, ou seja, dentro do prazo constitucional, e o que pede crédito suplementar para a Saúde, no valor de R$ 39 milhões. Esses recursos serão utilizados na reestruturação dos hospitais. Este último ainda se encontra em tramitação na Assembleia e pode ser votado na próxima semana.

Para o petista, o discurso da oposição de que o governo ainda não “decolou”, não bate com a realidade. “O governo, que tem pouco mais de 200 dias, já conseguiu equacionar uma série de problemas que travava o desenvolvimento do Estado”.

Nas áreas de Infraestrutura e Turismo, o parlamentar citou os casos do Pólo Cabo Branco e o Centro de Convenções. “O Pólo Cabo Branco fazia mais de 20 anos que estava embargado. Nós tiramos os embargos e agora vamos avançar com o projeto”. Sobre o Centro de Convenções, Rodrigo afirmou que o governo anterior foi questionado pelo Tribunal de Contas da União. “Conseguimos retirar essas travas e reequacionar o projeto para que ele pudesse avançar”, disse.

“A Paraíba está se tornando um verdadeiro canteiro de obras e já começamos a concluir algumas delas nesses 200 dias, incluindo obras paralisadas pelo governo anterior”, ressaltou Rodrigo Soares.

O peemedebista Trócolli Júnior afirmou que o discurso da oposição não convence e que há uma constatação real do ritmo de trabalho imposto pela atual gestão desde que Maranhão assumiu o governo. “Nós temos de respeitar o discurso da oposição, porque estão todos com dor de cotovelo. O governador demonstra que acorda cedo, dorme tarde e que a Paraíba anda pra frente”, disse.

Ele ironizou que a oposição, hoje, tenta cumprir um papel difícil, que é o de se contrapor ao que classificou de governo operante. “Logicamente, como as eleições estão se aproximando, eles não têm o que fazer, porque não fizeram quando estavam no governo. Então, como não fizeram, estão sofrendo em ver um governo que fez mais em sete meses que os seis anos do governo passado”, disparou. Por outro lado, Trócolli afirmou que respeita alguns membros da bancada de oposição, já que alguns deputados demonstraram que acreditam e votam nos projetos do governo.

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.