Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Deputados atuam em projetos, ações e discussões em defesa das mães paraibanas

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Em defesa dos direitos das mães, a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) tem apreciado e aprovado leis que garantem, desde a segurança da gestante contra a violência obstétrica, à disponibilização de acompanhamento psicológico, apoio e acolhimento das parturientes. O Projeto de Lei 2690/2021, do deputado Wallber Virgolino, estabelece a implantação de cursos direcionados à mulher gestante sobre conscientização e prevenção da violência obstétrica nas redes de saúde públicas e privadas do Estado.

De acordo com a matéria, o intuito é informar às futuras mães sobre o tema, contribuindo com a elaboração de mecanismos para a prevenção. A proposta do deputado Wallber é que sejam ministrados cursos em hospitais e postos de saúde da rede pública, esclarecendo sobre os tipos de violência obstétrica, como identificar e prevenir.

“Para se prevenir contra a violência obstétrica é importante que a mulher se informe durante o pré-natal e tome conhecimento das opções que possui para a hora do parto. Além disso, é importante que a mulher tome conhecimento dos tipos de intervenções que podem ser necessárias, para poder optar sobre quais será submetida”, justificou o deputado.

Preocupado com as gestantes e parturientes paraibanas durante períodos de endemias, epidemias e pandemias, o deputado Ricardo Barbosa apresentou, através do PL 1859/2020, a prestação de serviço virtual de informação, apoio e acolhimento qualificado, referentes ao pré-natal, puerpério e pós-parto. “Seria mais uma alternativa para as gestantes e puérperas neste momento tão delicado, Além de amenizar a sobrecarga das unidades e dos profissionais de saúde nesse tempo de pandemia”, argumentou o parlamentar.

O texto do PL 908/2019, elaborado pelo ex-deputado Nabor Wanderley, defende o acompanhamento psicológico às gestantes como forma de oferecer escuta qualificada sobre o processo de gravidez, assim como, um espaço para a mãe expressar medos e ansiedades. Nabor propõe que por meio das redes pública e privada de saúde sejam disponibilizados, além do acompanhamento psicológico, os esclarecimentos sobre as formas de vínculos afetivos, o funcionamento dos comportamentos e a promoção da saúde mental da gestante.

“Todo o processo de gravidez, embora seja um período maravilhoso na vida de cada mulher, pode ser sobrecarregado por muitos transtornos de humor, em particular pela depressão, alertou Nabor.

Para a deputada Estela Bezerra, presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, a maternidade é considerada uma das fases mais douradas da vida de uma mulher e, ao mesmo tempo, uma função social fundamental, pois é o que garante a educação, o desenvolvimento e a formação da espécie humana, um papel que é tão central para nossa civilização, mas que muitas vezes é uma sobrecarga na vida das mulheres.

Estela observa que a maternidade não significa para as mulheres o respeito dos seus direitos ou a garantia da sua saúde. “Hoje, temos a necessidade de criar leis que garantam, por exemplo, a amamentação, ou leis que inibam ou revelem a violência obstétrica, quando as mulheres precisam ter uma assistência humanizada na hora de dar a luz”, argumentou.

A deputada lembrou que a ALPB tem buscado estar afinada com um modelo civilizatório muito mais respeitoso para com as mulheres, assim como para a função social que a maternidade exerce. “Existe uma obrigação central do Legislativo do nosso país que é o de desconstruir os preconceitos e consolidar as garantias para o exercício da maternidade segura, voluntária e respeitada na sociedade”, avaliou Estela.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Taioba Discos inaugura primeira loja física em JP com Soft Opening exclusivo

Banco do Nordeste nomeia novo superintendente na Paraíba

Prefeito paraibano fala de “infelicidade” de ter filhos autistas e servidora acrescenta: “São doidos”

Anteriores

7c5c6b32-034e-4b1c-87c9-53518e96f3a4

Pagamento de julho dos servidores estaduais será feito nos dias 25 e 26

Pao-e-Leite-Divulgacao

Beneficiários do Pão e Leite têm até o fim de julho para atualizar cadastro

Promotoria-Sousa

MPPB expede recomendação sobre a vedação dos conselhos tutelares nas eleições

Gervásio com a prefeita Luciene e Raíssa, Brejo dos Santos

Gervásio participa de convenção que homologou chapa Luciene e Raissa em Brejo dos Santos

Bruno e Romero

Pedro diz que é mais fácil Romero manter aliança com Bruno e indicar nome do vice

Concurso, freepik 1

BNDES divulga edital de concurso com 150 vagas e salário de R$ 21 mil

Creci-PB - Fórum Sta Luzia

Em Bananeiras: Creci-PB participa de debate sobre instalação de Fórum de desenvolvimento urbano

Celest 2

Centro de Línguas Estrangeiras divulga lista de classificados para as vagas de 2024.2

Nilvan Ferreira recebe apoio de vereadora Ivonete Barros

Ivonete Barros retira pré-candidatura e anuncia apoio a Nilvan Ferreira em Santa Rita

Solânea PB

Caminhos do Frio chega a Solânea com muita cultura, música e gastronomia