Deputados aprovam empréstimo de U$ 25 milhões ao Fida

A Assembleia Legislativa da Paraíba aprovou a autorização para que o Governo do Estado contrate empréstimo no valor de U$ 25 milhões de dólares junto ao Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA). O projeto de Lei nº 1.410, encaminhado pelo Poder Executivo, foi aprovado por unanimidade na sessão ordinária de hoje e prevê o financiamento de um projeto de desenvolvimento sustentável para a região do Cariri, onde vivem aproximadamente 380 mil paraibanos.
 
“A bancada de oposição está pronta para votar em favor de matérias encaminhadas do Governo, desde que tenham a mesma natureza que este empréstimo junto ao FIDA. Estamos comprometidos com o bem e o progresso deste Estado”, pontuou o 1º secretário da Mesa Diretora da Assembleia, deputado Lindolfo Pires (DEM). Já, o parlamentar da bancada de oposição, Jeová Campos (PT), considerou que a autorização do Poder Legislativo para que sejam feitos investimentos na região do Cariri, “é um caminho para que outras regiões, como o Sertão, também possam construir novos caminhos através de suas potencialidades”, completou. 

O plenário da Casa de Epitácio Pessoa também aprovou a criação da Região Metropolitana de Campina Grande. O projeto de Lei Complementar 20/2009, de autoria do deputado estadual Aguinaldo Ribeiro (PP) dispõe sobre a integração de 22 municípios paraibanos com o objetivo de delimitar uma só estrutura para o desenvolvimento de políticas públicas no sentindo de atender demandas em áreas como saúde e transporte público.

Além destes dois destaques, os parlamentares aprovaram outras oito matérias, entre elas, a concessão do Título de Cidadão Paraibano ao músico Escurinho, seguindo propositura do deputado estadual Rodrigo Soares (PT). Um acordo entre as lideranças das bancadas de oposição e situação na Assembleia Legislativa decidiu pela apreciação do restante dos requerimentos para a sessão ordinária desta quarta-feira, 18.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.