Deputado e secretário iniciam ações para construir hospital de Mamanguape

O deputado estadual Trocolli Júnior (PMDB) acompanhou no final da tarde de ontem a visita que o secretário estadual de Saúde, José Maria de França fez à área onde será construído o Hospital Regional de Mamanguape. No local que hoje abriga a estrutura do antigo hospital de Dr. Machado, será erguido um equipamento mais amplo e moderno, capaz de atender à população da cidade e mais 11 municípios.

Além de José Maria e Trocolli, uma arquiteta e um engenheiro da Suplan estiveram no local ontem, conversando com o prefeito Eduardo Carneiro, fazendo o levantamento do terreno e da edificação que já existe e comparando os dados com o projeto original, elaborado em 1991, durante o Governo Maranhão II.

De acordo com a agenda definida pela Secretaria de Saúde, a prefeitura de Mamanguape vai realizar uma limpeza no terreno e no interior da estrutura para que já na próxima semana sejam realizados os levantamentos topográficos da área.

Atendimento – O deputado Trocolli Júnior (PMDB) comemorou o início dos levantamentos para a construção do hospital regional e lembrou que há seis anos luta pela realização desse empreendimento: "Temos que agradecer ao governador José Maranhão pelo atendimento desse pleito. Estive com ele no último final de semana e o governador prometeu que a obra prioritária da saúde em seu Governo será o Hospital Regional de Mamanguape", disse o parlamentar.

A estimativa é de que 200 leitos sejam criados com a construção do hospital.

Região administrativa – Além de solicitar a construção do Hospital Regional de Mamanguape, Trocolli Júnior também sugeriu ao governador José Maranhão que crie a 13ª região administrativa, capitaneada pelo Município. Para ele, só assim as ações de Governo poderão contemplar a região com mais eficiência: "Hoje, Mamanguape está inscrita na 1ª região, que tem como sede João Pessoa. Mas, a 1ª região já concentra cerca de 33% da população da Paraíba. Por isso, acreditamos que será mais eficiente criar a 13ª região para agilizar projetos nas áreas de Saúde, Educação e Segurança Pública", arrematou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.