Deputado busca parcerias tecnológicas entre universidade búlgara e paraibanas

A Universidade Federal da Paraíba e Universidade Federal de Campina Grande poderão ganhar convênios de cooperação técnica com a universidade de Gabrovo, na Bulgária. Os primeiros contatos foram feitos pelo deputado estadual Ricardo Barbosa (PSB), em viagem àquele país e também à França juntamente com o presidente da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), Kennedy Nunes, e outros parlamentares brasileiros. Barbosa é vice-presidente da entidade.

Gabrovo é o polo industrial de tecnologia de ponta mais avançado não só da Bulgária, mas de todo o leste europeu, e promove intercâmbios com vários países da Europa. “Estamos avançando nas negociações para que esses intercâmbios cheguem à Paraíba. Para isso, contamos com a valiosa contribuição da embaixadora do Brasil na Bulgária, Ana Maria Sampaio, com quem conversamos também sobre outras possibilidades de negócios e investimentos búlgaros para a Paraíba”, comentou o deputado, de volta da viagem que, na Bulgária, começou por Sofia, capital do parlamento búlgaro.

Nesse parlamento, os deputados brasileiros tiveram duas reuniões: uma com a comissão de relações exteriores, junto coma embaixada brasileira, e outra com a Frente Parlamentar Bulgária-Brasil (é a que mais tem membros voluntários). Para Barbosa, “a paradiplomacia é importante para tornar conhecidos os Estados brasileiros e para trazer negócios diversos”.

O grupo foi formado por 22 parlamentares, representantes de diversas comissões como agricultura, águas, comércio exterior, entre outros, e foi estabelecido no ano de 2016, após assinatura de um importante acordo de cooperação entre os dois países.

A delegação reuniu-se ainda com o Presidente da Câmara de Comércio e Indústria Búlgara, Tzvetan Simeonov, que afirmou que “as relações comerciais com o Brasil existem, porém, não estamos satisfeitos com o volume de negócios. Vemos na Unale uma grande oportunidade de expandirmos essas relações”, comentou. O grupo ainda participou de encontro com o vice-presidente do Conselho de Administração da Confederação de Empregadores e Industriais da Bulgária e Presidente do Conselho de Administração da empresa Minstroy Holding JSC, o professor engenheiro Nikolay Valkanov.

EM PARIS

Antes disso, a comitiva da Unale esteve em Paris, onde os deputados visitaram a empresa Aerzen France, recebendo explanação sobre modernas técnicas de tratamento de água e esgotos e de despoluição de rios. “Tragédias como as de Brumadinho e Mariana não podem continuar acontecendo”, assinalou o deputado paraibano. O Brasil tem hoje 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial dano que poderia causar ao meio ambiente e à sociedade.

Os deputados também tiveram reuniões com parlamentares franceses para a assinatura de um Acordo de Cooperação entre os parlamentos, além de participar de reuniões com legisladores, prefeitos e com presidentes e conselheiros representantes da Câmara do Comércio, interessados em estreitar as relações comerciais e investimentos no Brasil, através das relações paradiplomáticas com os estados brasileiros.

Deputado busca parcerias tecnológicas entre universidade búlgara e paraibanas

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.