Depois de apelo, Durval decide substituir oposição nas comissões

O presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, Durval Ferreira (PP), fez ontem de manhã uma apelo para que os vereadores de oposição repensassem a decisão de deixar as comissões temáticas da Casa. Durante a sessão, ele se dirigiu ao líder do bloco, Fernando Milanez (PMDB) e indagou se não havia condições de repensar a saída. Com a afirmação de que os oposicionistas desejavam se manter fora das comissões, Durval procedeu a convocação dos suplentes para substituirem os adversários do prefeito.

Na Comissão de Orçamento, cujo presidente era Tavinho Santos (PTB), o presidente solicitou que os líderes indicassem um substituto. Milanez se absteve, mas Geraldo Amorim (PDT) e Bruno Farias (PPS) sugeriram o vereador Bosquinho (DEM).

Além de Durval, reforçaram o apelo pela volta da oposição às comissões os vereadores Jorge Camilo (PT) e Sandra Marrocos (PSB). A socialista chegou a dizer que a decisão representava "uma prova de imaturidade política".

Os oposicionistas decidiram deixar as comissões depois que o projeto instituindo o Sistema de Áreas Protegidas foi aprovado na Câmara, semana passada. Tavinho Santos, vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente, disse que o assunto não teria sido discutido naquela comissão. Sérgio da SAC, presidente, contudo, garantiu que o projeto foi analisado e acrescentou que Tavinho teria faltado à reunião.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.