Decisão judicial anula eleição da Câmara Municipal de Pitimbu

 Alinne Simões

 
O vereador Marco Aurélio Celani (PRB) não responde mais pela presidência da Câmara Municipal da cidade de Pitimbu. Nesta quinta-feira, 13, o presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Luiz Silvio Ramalho Júnior reconsiderou a decisão do juiz Helder Ronald Rocha de Almeida que havia dado provimento a uma medida cautelar, com pedido de liminar, interposta por cinco vereadores de Pitimbu, visando à anulação da eleição que estava programada para escolher a nova Mesa Diretora da Casa, para o biênio 2011/2012.
 
Marquinhos é Dez, como é conhecido, recorreu da decisão e conseguiu tomar posse na presidência da Câmara no último dia 01 de janeiro. Contudo, a oposição recorreu da liminar e conseguiu anular novamente as eleições. Segundo, o vereador Elcias de Azevedo (PTB), a oposição está aguardando que a justiça anuncie na próxima segunda-feira, 17, quando poderá ser feita uma nova eleição, já que a Câmara não tem um presidente que responda por ela.
 
“O vereador quis tentar dar um golpe, mas foi muito infeliz”, disse Elcias. O vereador reconhece ainda que Marquinhos é Dez pode tentar recorrer da decisão e afirma estar preparado para ir até o fim. “Ele só tem como recorrer a Brasília agora, mas vamos fazer de tudo também para que a justiça seja feita, e uma nova eleição ocorra”.
 
 
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.