Mário Tourinho

Administrador, pós-graduado em Planejamento Operativo, já atuou na administração pública federal, estadual e municipal


De Domingos Sávio para Cecília

Cecília!… Pouca gente, neste universo de leitores, pode assimilar quem esta Cecília a que me reporto, se logo eu diga – como estou a dizer –que não se trata da renomada escritora, jornalista e pintora Cecília Meireles (1901-1964), considerada uma das mais importantes poetisas do Brasil. A Cecília aqui referenciada e reverenciada é uma criança, bem criança, ainda com 8 anos, sobre a qual mais direi na conclusão deste texto.

Quanto a Domingos Sávio… Ah! Este é um nome prontamente assimilado por todos os leitores, que até diariamente o aplaudem através de suas marcantes charges de humor que são publicadas a cada edição do jornal A União, a exemplo da deste dia em que elaboro estes escritos e na qual aparecem, neste tempo de pandemia, as figuras de dois idosos caminhando na calçadinha próxima ao Hotel Tambaú, um dizendo ao outro: – “Se correr o bicho pega! Se ficar em casa, também!”.

Mas, essa ligação Domingos Sávio & Cecília deu-se a partir da charge publicada em A União de 4 de junho, em que, face aos anúncios da antecipação de alguns feriados, ele – Sávio – fez publicar as figuras de um porco e um peru, o primeiro, apavorado, dizendo: “Dizem que estão querendo antecipar o Natal!”; o segundo, mais apavorado que o primeiro, responde: “SÉRIO!…”. No instante em que eu lia o jornal, com ele aberto na página em que consta aquela charge, ao meu lado chega minha neta, Cecília, mostrando-me os desenhos que ela fizera de umas aves, e, vendo aquela charge, exclamou: – “Que lindo, vô! Não dava pra fazer um porquinho e um peru sorrindo?!”. Entrei em contato com Sávio e também encaminhei a foto da cachorrinha de nome Amora, que é o “amor de toda hora” para essa minha neta. Aí, Sávio enviou-me o desenho que ilustra este texto, pelo que dá pra se imaginar a felicidade de minha neta Cecília!

Posso assegurar, pois, que esse desenho caracterizando o porquinho e o peru, com a cachorrinha Amora entre eles, os três sorrindo, com o primeiro dizendo “Cecília… Olha quem chegou!…” e o segundo exclamando “AMORA!!!”, constituiu-se no mais importante presente oferecido à minha neta Cecília relativo à passagem de seu 8º aniversário natalício, marcado na segunda feira, 27 de julho em curso. A ela, Cecília, não só os parabéns de Domingos Sávio, mas, igualmente, os meus e da avó, Ana!

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.