Curso Nacional de Gestores do SUS começa hoje na capital

A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) em parceria com a Universidade Federal da Paraíba e apoio da Secretaria de Estado de Saúde da Paraíba e do Conselho de Secretarias municipais de saúde da Paraíba, realizam a partir de hoje, em João Pessoa, o Curso Nacional de Qualificação dos Gestores do SUS, reunindo 236 gestores em saúde de 65 municípios do estado. A solenidade de abertura será no Teatro Santa Roza, das 08 às 12h, com a presença do Reitor da Universidade Federal, Rômulo Polari, do Secretário Estadual de Saúde, José Maria de França e da Presidenta do Conselho de Secretarias Municipais da Paraíba, Porcina Trigueiro.
 
Trata-se de um Curso na modalidade a distância, e momento presencial que vai acontecer na UFPB, nesta quinta no turno da tarde, e na sexta durante todo o dia. O curso se utilizará de ambiente virtual de aprendizagem. 
 
Objetivos – A intenção é fortalecer o Sistema Único de Saúde e rede de formadores PA o SUS. Inicialmente haverá a qualificação de cerca de 7,5 mil gestores de todo o país, levando em conta aspectos regionais da atenção à saúde, ou seja, o desenvolvimento  capacidades para gestão do SUS, na perspectiva de equipes gestoras referenciadas na regionalização da atenção à saúde. Na Paraíba serão inicialmente formados 236 alunos.
 
O aluno selecionado para esta primeira turma é trabalhador da área da saúde, indicado pelo seu gestor, desempenhando funções estratégicas na gestão dos serviços e sistemas de saúde. Deverá dedicar sete horas semanais à realização de seus estudos, sem precisar se deslocar de seu local de trabalho ou da residência.
 
Segundo o coordenador pedagógico, Volmir Brutscher, o curso terá 180 horas/aula e exigirá, no mínimo, sete horas de dedicação semanal do aluno. “Além dos momentos presenciais, que totalizam 24 horas/aula, são estratégias de aprendizagem o relato da vivência prática de cada gestor com suas especificidades, e o enfrentamento de situações-problema, acompanhadas por meio do ambiente virtual de aprendizagem. Cada aluno vai receber um kit contendo CD com publicações sobre o Pacto pela Saúde, CD com apresentação do curso, caderno de orientação e caderno de textos, com conteúdo referente aos quatro módulos”, garantiu Brutscher.
 
O curso, estruturado de forma a estimular o processo de regionalização da atenção à saúde, está organizado em quatro unidades de aprendizagem: Fundamentos do SUS; Gestão da Atenção à Saúde; Gestão das Vigilâncias em Saúde; e Gestão da Promoção da Saúde.
 
De acordo com Coordenador Estadual do Evento, Murilo Wanzeler, “a articulação e pactuação política desse processo formativo, isto é, a definição de vagas para a Paraíba se efetivou por meio de Resolução da Comissão Intergestores Bipartite (CIB-PB), mediante as idéias-força de práticas inovadores de gestão para o fortalecimento da regionalização em saúde entre aluno-equipe operando em rede de parceria”.
 
Além de tutores, a UFPB, através  da coordenação de Educação à Distância (EAD) vai disponibilizar laboratórios de informática para que a equipe de condução possa acompanhar o processo educacional de cada aluno. O curso também contará com toda a estrutura de ensino à distância que a ENSP disponibiliza. 
 
Parceria –
A iniciativa do Curso Nacional de Qualificação dos Gestores do SUS, faz parte do Programa Nacional de Qualificação de Gestores e Gerentes do SUS – Mais Saúde – Ministério da Saúde e Coordenado em âmbito nacional pela ENSP. Na Paraíba a coordenação técnico-pedagógica é de responsabilidade do Núcleo de Estudos em Saúde Coletiva – NESC,  com apoio do Centro de Ciências da Saúde e da coordenação de EAD / UFPB, em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde(SES-PB) e o Conselho de Secretarias Municipais da Paraíba(COSEMS-PB).

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.