Cruz Vermelha vai gerir Hospital de Trauma de João Pessoa

O Governo do Estado vai implementar um projeto de gestão pactuada no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. A informação foi dada hoje pelo secretário de Comunicação Institucional do Estado, Nonato Bandeira. A Cruz Vermelha do Rio Grande do Sul passará a gerir o hospital, tendo a supervisão da Secretaria de Saúde. Segundo Bandeira, a mudança gerará uma economia superior a R$ 3 milhões mensais para os cofres da administração estadual e será prevista em um contrato com duração de um ano.

– Essa é uma realidade em 20 estados brasileiros de auditar a produtividade e a eficiência do atendimento na Saúde. O que vai acontecer, na verdade, é uma gestão pactuada em que vamos auditar e melhorar o atendimento com a redução dos custos. Eu fiquei surpreso ao saber que o gasto mensal do Trauma de João Pessoa é de aproximadamente R$ 10,2 milhões. Com o trabalho da Cruz Vermelha, isso vai cair para R$ 6,8 milhões. Em dois meses, vamos ter verbas para construir um hospital de pequeno porte.

Além da economia, o secretário acrescentou que a intenção do Governo é dar mais agilidade ao atendimento aos pacientes. Ele citou que atualmente uma cirurgia de alto risco demanda um período de 8 dias para ser realizada. Com o plano de metas que deve ser implantado, a meta deve baixar para 60 minutos:

– Quem precisa de um procedimento de alto risco não pode esperar. Isso estará previsto no plano de metas que vamos acordar com a Cruz Vermelha, que é entidade internacional. Ela vai nos ajudar neste grande salto da saúde na Paraíba.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.