CRM-PB visita Patos e constata alta ocupação de leitos covid-19

O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) visitou, nestas quarta (10) e quinta-feira (11), três unidades de saúde da cidade de Patos, no Sertão paraibano, a 320 km de João Pessoa: Maternidade Dr. Peregrino Filho, Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro e Hospital Infantil Noaldo Leite. Patos é a terceira cidade paraibana com o maior número de casos e óbitos por covid-19: 9.143 casos e 146 óbitos registrados pela Secretaria Estadual de Saúde até esta quarta (10).

O Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro é uma das unidades de referência, no Sertão, para atendimento de pacientes com covid-19. Esta semana o hospital expandiu a quantidade de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), passando de 26 para 32. Destes 32, 27 estavam ocupados na manhã desta quinta-feira (11), três leitos já estavam regulados para pacientes graves, restando, portanto, duas vagas disponíveis para novas regulações.

“Constatamos também que o hospital está abastecido de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), medicamentos e oxigênio, além de apresentar um fluxo bidirecional (divisão entre pacientes covid e não covid) bem definido. Os médicos, no entanto, nos relataram bastante desgaste físico e mental, diante deste cenário tão preocupante. Mas ressaltaram também que continuam fortalecidos e que estão confiantes no combate à doença”, disse o presidente do CRM-PB, Roberto Magliano de Morais, que participou das visitas com o conselheiro e membro da Comissão de Enfrentamento ao Coronavírus do CRM-PB, Bruno Leandro de Souza.

O CRM-PB visitou também o Hospital Infantil Noaldo Leite e constatou que dos sete leitos de UTI pediátricas da unidade, cinco foram adaptadas para UTI adulto. Destas cinco, três já estão ocupadas e duas reguladas para a internação de pacientes. Ou seja, não há mais vaga para adultos no hospital. Já os dois leitos de UTI pediátrica ainda estão disponíveis.

“Houve uma expansão na quantidade de leitos de UTI em Patos, com as seis novas vagas no Janduhy Carneiro, além de mais cinco no Noaldo Leite. São 37 leitos na cidade e apenas dois disponíveis nesta quinta (11). Estamos vivendo uma situação crítica, sem precedentes. Precisamos da colaboração de todos: gestores e população. Precisamos estar unidos, cada um fazendo sua parte para termos êxito”, completou Roberto Magliano.

Maternidade Peregrino Filho – Na quarta-feira (10), à noite, a equipe do CRM-PB esteve na maternidade Peregrino Filho, que não é unidade de referência Covid, mas tem recebido gestantes com a doença. “Na maternidade, encontramos médicos, EPIs e medicamentos em quantidades suficientes. No entanto, como a unidade está recebendo muitas pacientes com o novo coronavírus, é necessário um fluxo bidirecional bem definido”, disse Bruno Leandro.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.