Creci-PB autua loteamento e corretoras de imóveis por falta de registro

A equipe de fiscalização do Creci-Itinerante autuou, por falta de registro, a empresa responsável por um l.oteamento localizado à margem da PB-004, na saída do município de Santa Rita para Cruz do Espírito Santo, bem como duas corretoras de imóveis de outro estado que se encontravam no plantão de vendas, por falta de registro para atuar na Paraíba.

A equipe da unidade móvel, composta pelos fiscais Hermano Batista (coordenador), Marina Stuckert e Valéria Paiva, que se encontra nesta terça-feira no município de Caaporã e até a próxima sexta-feira percorrerá outras localidades, também recebe denúncias sobre o exercício ilegal da profissão e da atuação dos corretores e das imobiliárias.

O programa Creci-Itinerante, porém, não se limita a atender à população. Também direciona as atividades aos profissionais, oferecendo, dentre outros, serviços como inscrições de pessoas física e jurídica e parcelamento de débitos, entre outros.

“Assim, proporcionamos acessibilidade e descentralização administrativa dos serviços oferecidos pela instituição, com a atuação fortalecida por termos de cooperação técnica firmados com órgãos como o Ministério Público estadual”, afirmou o presidente Rômulo Soares.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.