Covid-19: Bayeux baixa decreto com restrições, mas mantém igrejas abertas

A Prefeita de Bayeux, Luciene Gomes, juntamente com as Secretarias de Saúde, Segurança, Procon e a Procuradoria do Município concluíram a elaboração de um decreto municipal com as medidas preventivas contra a Covid-19. A principal diferença da norma em relação à estadual é que as igrejas poderão funcionar, mas com capacidade reduzida. Nos templos, fica autorizada a presença de 30% da capacidade.

A Secretaria de Segurança, juntamente com a Polícia Militar, Vigilância Sanitária, Procon Municipal e a Guarda Municipal vão fiscalizar, neste período, o cumprimento das medidas.

Confira as determinações do decreto de Bayeux:

A restrição de locomoção noturna, vedados a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, locais e praças públicas, das 22h às 5h, de 24 de fevereiro até 10 de março do corrente ano;

Os serviços de transporte público funcionarão até as 22h, ficando os respectivos funcionários e colaboradores autorizados a realizarem o devido deslocamento para suas residências até as 23h.

Fica estabelecido, no período de 24 de fevereiro até 10 de março, o fechamento dos seguintes estabelecimentos nos horários a seguir:

Lojas e centros comerciais às 17h;

Restaurantes, bares e assemelhados às 16h;

Supermercados, lanchonetes e lojas de conveniência às 21h, sendo vedada a venda e o consumo de bebidas alcoólicas nesses locais após às 16h;

Igrejas e Templos religiosos funcionarão com capacidade reduzida a 30% de seus lugares regulados, observando as medidas sanitárias;

As academias de ginástica deverão funcionar com 50% de sua capacidade, sendo vedadas, nestes espaços, as atividades coletivas;

As instituições privadas de ensino infantil permanecem com aulas presenciais e as de ensino médio e superior devem funcionar exclusivamente de forma remota, até o dia 10 de março.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.