Couto volta a cobrar união de progressistas para desenvolver a PB

As reclamações do vice-governador do Estado, Luciano Cartaxo (PT) sobre o comportamento do deputado federal Luiz Couto (PT), de oposição ao governador José Maranhão (PMDB) não adiantaram muito. Couto, em recente pronunciamento na Câmara Federal ignorou o atual Governo e defendeu, de maneira implícita, a candidatura de Ricardo Coutinho (PSB). Ele voltou a dizer que a Paraíba não soube aproveitar os avanços conquistados pelo Brasil nos últimos seis anos e meio quando o país construiu um modelo de desenvolvimento com crescimento econômico, distribuição de renda, ausência de inflação, “tudo isto em ambiente democrático”.

Depois de dizer que o estado andou relativamente para trás, Couto lembrou que nos anos 90 o “nosso PIB era o quarto maior do Nordeste e hoje é o quinto  menor da região”; que o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) avançou, mas a Paraíba ainda apresenta o quarto pior IDH do Brasil. Para ele, a situação só não piorou porque houve um baixo crescimento da população em relação à do país repercutindo, assim, num crescimento da renda per capta.

O parlamentar sustentou que a economia paraibana é frágil e continua expulsando parcelas significativas da população para outros estados. A taxa de analfabetismo, prosseguiu o petista, já foi a quarta pior do Nordeste e hoje ocupa  a segunda pior colocação, ou seja, “pioramos no ranking da educação fundamental”.

“A taxa de mortalidade infantil passou da quarta para a sexta maior do Nordeste. Esta triste e vergonhosa situação é historicamente maquiada pelas avaliações e trabalho de marketing político patrocinados por sucessivos governos”, lamentou.

Luiz Couto ressaltou que é hora de mudança; de renovação. “Para que isso aconteça o PT da Paraíba quer mobilizar a sua massa de filiados, partidos progressistas e democráticos, sindicatos, empresários, universidades, igrejas, imprensa, terceiro setor e a sociedade em geral na luta contra o subdesenvolvimento e em prol de um grande debate, visando construir um projeto integrado de desenvolvimento econômico sustentável e com inclusão social que contemple todos os setores e regiões do estado”, revelou.

O deputado evidenciou, ainda, que o PT quer construir com as forças progressistas da sociedade um bloco político que represente esse propósito de desenvolvimento e  de  renovação nas práticas políticas. “Neste esforço pelo desenvolvimento sustentável não partiremos do nada, pois já existem sinais concretos e alvissareiros do que os paraibanos e as paraibanas são capazes, a exemplo do conhecimento técnico e científico nas universidades e escolas técnicas, das administrações das cidades de João Pessoa e Pombal, além da forte potencialidade na produção do leite e derivados, beneficiamento de caprinos e produção mineral”, complementou.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.