Couto ganha indenização por danos morais e faz doação à Casa da Criança

A Justiça deu ganho de causa ao deputado federal Luiz Couto (PT) em ação indenizatória por danos morais, movida contra a ex-secretária de Ação Social de Pombal, Auta Patrícia Lopes Formiga, durante administração do prefeito Ugo Ugulino (PMDB). O parlamentar vai doar o valor imputado, cerca de R$ 700, para ações da Casa da Criança com Câncer de João Pessoa.

Segundo o assessor jurídico do deputado, Marx Igor, a ex-secretária acusou Luiz Couto de ser o responsável pela suspensão do programa de Aquisição de Alimentos – Compra Direta no município. “Nós entendemos que houve má fé em suas declarações e a manipulação política pelo esquema que comandava a administração municipal de Pombal naquele momento, já que o trabalho do deputado é exatamente ao contrário. Ele é um dos incentivadores e batalhadores pela implantação do programa junto ao Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Por isso, ajuizamos uma ação de indenização por danos morais e ganhamos a causa”, disse o advogado.

Na opinião do deputado Luiz Couto, a ação indenizatória faz justiça e restaura a verdade dos fatos. “Não quero reparação individual ou pessoal, quero que a verdade prevaleça sempre; e, para aqueles que buscam de toda forma atacar a honra e a história de vida das pessoas, que pensem duas vezes antes de fazer acusações vazias. Fico feliz em poder repassar essa reparação financeira para as crianças portadoras de câncer”, declarou o deputado Couto.

A audiência de conciliação foi realizada na 3ª Vara Cível da Comarca de João Pessoa, onde o deputado foi representado pelo advogado Marx Igor e o assessor Wallene Cavalcante. A ex-secretária Auta Patrícia foi assistida pelo advogado Antonio Cezar Lopes Ugulino.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.