Couto exige que Maranhão mantenha municipalização de Hospital

O deputado federal Luiz Couto (PT) manteve neste final de semana o tom de insatisfação com o Governo Maranhão III já externado em uma carta pública divulgada a duas semanas pelo Parlamentopb. No último sábado, 16, durante uma reunião do programa Territórios da Cidadania, em Pombal, o parlamentar petista fez uso da palavra para exigir que o governador José Maranhão (PMDB) reveja o ato que suspendeu o processo de municipalização do Hospital Distrital Senador Ruy Carneiro.

Através de sua assessoria, o deputado informou que o evento foi público, contou com a presença de vereadores, prefeitos e lideranças políticas da região de Pombal e que sua cobrança não precisa ser novamente comunicada ao Governador. O próximo passo seria encaminhar a reclamação ao ministro da Saúde, José Gomes Temporão.

O deputado defende que, pelo fato de o hospital ser distrital, o Governo do Estado não poderia ter ingerência no processo.

Por sua vez, o Governo do Estado encaminhou uma nota na semana passada descartando a manutenção do processo de municipalização: "O município de Pombal tem gestão plena de saúde e poderia gerenciar o hospital se ele atendesse somente aos moradores do município, se não tivesse sido criada a 13ª região. Mas o hospital vai atender aos municípios que vão formar o 13º núcleo e, desde 2001, segundo resolução da Comissão Intergestora Bipartite (CIB), os hospitais regionais são de gerência do Estado. É por esse simples fato que estamos dando continuidade à gerência do hospital, mesmo porque o município não tem obrigação de atender os pacientes da região", disse o secretário José Maria de França.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.