Couto afirma: comissão vai coibir violência contra idosos e mulheres

O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal (CDHM), deputado Luiz Couto (PT-PB), voltou a falar na segunda-feira (27), em João Pessoa, antes de viajar para Brasília, da preocupação com o aumento da violência contra os idosos.

Couto disse que o desrespeito a essas pessoas tem aumentado e assegurou que a CDHM vai agir para que o Estatuto do Idoso seja realmente cumprido, pois, segundo ele, há muita ofensa acontecendo, inclusive, por parte dos próprios familiares.

Depois de lembrar que a outra luta incessante da comissão é o combate à violência contra as mulheres, o parlamentar afirmou que tem procurado colaborar para que tanto a Lei Maria da Penha como o Estatuto dos Idosos seja levado ao conhecimento da população. “É importante que a Câmara Federal e os demais parlamentares também elaborem publicações nesse sentido”, sugeriu.

“O idoso, ao final da vida, sofre violência, maus tratos e tratamentos desumanos, cruéis e degradantes. E a mulher ainda tem sido vítima de violência, apesar de já existirem lugares onde a Lei Maria da Penha é cumprida e os culpados são presos e punidos”, complementou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.