Corte de 70% surpreende Guilherme que acredita em equívoco do Governo

Até mesmo o deputado estadual Guilherme Almeida (PSB) ficou surpreso com o corte de 70% da previsão orçamentária para a Secretaria de Interiorização do Governo, conforme publicado no Diário Oficial do final de semana. As verbas da Pasta, originalmente orçadas em R$ 2 milhões, terminaram ficando em R$ 891 mil.

"Eu não tive acesso a esses dados, mas se houve corte de 70% deve ter sido algum erro. O Governo divulgou ter feito uma redução linear de despesas. Eu teria que sentar com o Governador para conversar sobre isso. Se aconteceu esse corte, caberia a ele repor e suplementar os recursos para que pudéssemos trabalhar", declarou Guilherme ao Parlamentopb.

Ele, contudo, não escondeu seu constrangimento em abordar o tema, visto que sua nomeação ainda não se efetivou, apesar do convite feito pelo governador José Maranhão (PMDB). A chegada de Guilherme ao cargo foi barrada por uma decisão de seu partido, o PSB, presidido por Ricardo Coutinho.

Comentários