Corrupção joga pelo ralo R$ 354,7 milhões todos os anos na Paraíba

Por ocasião do Dia Internacional de Combate à Corrupção, celebrado ontem, o Fórum Paraibano de Combate à Corrupção (Focco) divulgou o relatóriode atividades referente a 2010. O documento revela que a corrupção ainda causa grandes estragos na Paraíba, com um prejuizo anual de R$ 354,7 milhões.

O relatório revela que a corrupção no Brasil causa um prejuízo de R$ 41,5 bilhões por ano, ou 1,38% do PIB. No caso da Paraíba, que possui um PIB de 25,7 bilhões e situa-se no Nordeste, região com um dos maiores índices de desvios, conclui-se que a corrupção na Paraíba causa, no mínimo, um prejuízo anual de cerca de R$ 354,7 milhões.

Nos últimos cinco anos, o TCU e o TCE juntos já imputaram débitos e multas na ordem de R$ 110.723.617,84 milhões.

Com esse valor, seria possível incluir no Programa Bolsa Família do governo federal, no decorrer de um ano, mais 135.690,71 famílias ou ainda construir 2.992,53 casas no âmbito do Programa Minha Casa Minha Vida, também do governo federal.

Levantamento da Controladoria Geral da União (CGU), a partir das fiscalizações por sorteios públicos, aponta que as fraudes e irregularidades em licitações no País atingem cerca de 95% dos municípios fiscalizados.

As principais práticas de corrupção, segundo ele, são licitações viciadas, conluios ocorridos nas licitações, o uso de empresas fantasmas, desvio de recursos que não são aplicados e obras inacabadas. “Constatamos que muito pouco desses recursos desviados conseguem ser recuperados pelos órgãos de controle e pela Justiça”, revelou.

 

 

Jornal da Paraíba

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.