Correição do CJN acha esposa de ministro lotada no Governo da Paraíba

A coluna de ontem do jornalista Cláudio Humberto (www.claudiohumberto.com.br), publicada na Paraíba pelo Jornal da Paraíba (www.jornaldaparaiba.com.br) noticia a descoberta, pela correição realizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) na Justiça do Estado na semana que passou, da nomeação da esposa de um ministro do Superior Tribunal de Justiça (CNJ) para ocupar um cargo comissionado no Governo da Paraíba.

Trata-se de Ana Elizabeth Paraguai, esposa do ministro Francisco Falcão. Ela foi nomeada como assessora técnica da Consultoria Técnica da Secretaria de Estado da Articulação Governamental e recebe pelo trabalho um salário de R$ 3,8 mil.

O tema foi publicado no Parlamentopb no dia 28 de abril

Confira a nota:

Achado paraibano

Correição de Brasília no Tribunal de Justiça da Paraíba, esta semana, deparou-se com a nomeação da mulher de um ministro de tribunal superior para um cargo de confiança no governo do Estado.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.