Corpo encontrado em Bananeiras pode ser de Tiago Fontes, suspeito de matar Ana Sophia

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Um corpo encontrado no fim da tarde de ontem em Bananeiras pode ser o de Tiago Fontes, principal suspeito de matar a menina Ana Sophia de 8 anos, desaparecida desde 4 de julho. O cadáver, em adiantado estado de decomposição, estava pendurado por uma corda amarrada no pescoço numa área de mata no sítio Camará.

A família de Tiago foi chamada para fornecer à polícia algum elemento que possa ajudar a identificar o corpo, a partir do DNA.

Tiago está foragido desde o dia 11 de setembro quando foi visto pela última vez em Solânea.

O advogado de Tiago, Marcus Alânio Vaz, prometeu falar sobre o fato depois de conversar com a polícia, o que deve acontecer na manhã de hoje.

O caso – Para a Polícia Civil, não há dúvida de que a garota Ana Sophia entrou na casa de Tiago Fontes Silva da Rocha, suspeito de homicídio qualificado contra ela, e que de lá ela não saiu. Para a polícia, também se fortalece a cada dia a tese de que a criança está morta, com o seu corpo ocultado. O delegado Pablo Ewerton, do Núcleo de Homicídio de Solânea, informou que foram encontrados na casa do suspeito livros sobre desaparecimento de crianças da idade de Ana Sophia e também sobre ocultação de cadáveres.

“Todos têm direito de ter livro, claro. Mas, olha o tipo de leitura… não é coincidência. Somado ao contexto de uma investigação gravíssima. Quando identificamos a existência desse tipo de literatura, Tiago foi chamado pelo delegado Aldrovili Grisi para conversar e neste momento, dia 11 de setembro, o investigado escolheu esse momento para surtar e perambular por Solânea. A partir daí, ele não é mais visto”, disse Pablo.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

Anteriores

joaoaireurope

MAIS LIDAS